Só mais um besteirol americano

Só mais um besteirol americano

Crítica Vizinhos 2

Alexandre de Paula Especial para o Correio
postado em 20/05/2016 00:00
 (foto: Reprodução/Internet)
(foto: Reprodução/Internet)




Talvez seja um avanço a se considerar o fato de um besteirol americano acrescentar alguma diversidade ao roteiro e tratar de questões como feminismo e homossexualidade com ;boas intenções;. Vizinhos 2 faz isso. Mas boas intenções não são suficientes para sustentar um longa ou para a proposta ter efeito.

A comédia retoma a situação-base do antecessor: uma irmandade universitária em conflito com um jovem casal de pais. Agora, a irmandade é composta por mulheres que lutam contra o tratamento desigual. A questão é que tudo é raso demais. Os questionamentos, os dramas ; nada alcança a dimensão necessária.

O besteirol que se perde justamente por não decidir se quer ir além do estilo ou fincar os pés na mesmice. Daí vem uma série de piadas de mau gosto, como a cena em que a mulher vomita no rosto do marido durante o sexo ; tema frequente no longa, assim como as drogas.

Quase tudo soa infantil e bobo demais. Tretas adolescente, mesmo quando o conflito é entre um casal que viveu a adolescência há bastante tempo. O elenco não atrapalha, mas também não é capaz de fazer o filme crescer.

Seth Rogen confirma a impressão de que faz sempre o mesmo papel. A Zac Efron, resta a importante missão de exibir, sem camisa, os músculos.

ROTEIRO
* Programação sujeita a alterações.
Estreias
AMORES URBANOS
(Brasil, 2014, drama, 115min; não recomendado para menores de 14 anos)
De Vera Egito. Com Thiago Pethit, Maria Laura Nogueira e Renata Gaspar. Três amigos, Diego, Júlia e Micaela estão no auge de suas vidas, revelando suas personalidades, experimentando desilusões amorosas e procurando a carreira ideal. Eles moram no mesmo prédio de São Paulo e compartilham diariamente as experiências, fracassos e conquistas. Rindo ou chorando, eles estarão juntos. Cinemark Pier 10, às 16h40 e 22h20. Espaço Itaú CasaPark 4, às 13h40, 17h40 e 21h40.

ESPAÇO ALÉM ; MARINA ABRAMOVIC E O BRASIL
(Brasil, 2015, documentário, 86min; não recomendado para menores de 14 anos)
De Marco Del Fiol. Com Marina Abramovic. A artista de performance Marina Abramovic viaja por lugares místicos do Brasil, pesquisando comunidades espirituais, pessoas e lugares de poder. O filme faz um registro etnográfico enquanto observa os processos de apropriação artística e humana de Marina. Cine Cultura Liberty Mall 3, às 14h20. Espaço Itaú CasaPark 4, às 15h40 e 19h40.

MARAVILHOSO BOCCACIO
(Itália, 2014, drama, 115min; verifique a classificação indicativa)
De Vittorio Taviani e Paolo Taviani. Com Riccardo Scamarcio, Kim Rossi Stuart e Jasmine Trinca. Em 1348, a peste negra está atingindo brutalmente Florença, na Itália. Tentando fugir do sentimento de morte que ronda o lugar, um grupo de 10 jovens, sete mulheres e três homens, decide fugir para uma casa no campo, onde eles contam diversas histórias para passar o tempo, todas elas envolvendo o amor. Cine Cultura Liberty Mall 2, às 14h, 16h20 e 20h40.

PAIS E FILHAS
(Fathers and daughters, EUA/Itália, 2015, drama, 116min; não recomendado para menores de 14 anos)
De Gabriele Muccino. Com Russell Crowe, Amanda Seyfried e Aaron Paul. Nova York, 1988. Novelista mentalmente instável tenta criar sozinho a filha de 5 anos após a morte da esposa. Vinte anos depois, a garota, já adulta, cuida de crianças com problemas psicológicos e ainda tenta entender sua complicada infância. Cinemark Pier 6, às 16h30 e 22h. Espaço Itaú CasaPark 8, às 16h, 18h30 e 21h. Kinoplex ParkShopping 7 (Platinum), às 16h10 e 21h10.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação