Bancos apostam em fidelização

Bancos apostam em fidelização

Livelo, empresa criada por Bradesco e Banco do Brasil, vai explorar segmento de negócios em que consumidores podem trocar pontos acumulados por mercadorias e serviços

» PAULO SILVA PINTO Enviado especial
postado em 16/06/2016 00:00

São Paulo ; No Brasil, apenas 8,6% da população têm acesso a algum programa de acúmulo de pontos em compras que possa ser usado na troca por produtos. Essa participação é ínfima se comparada às de 44,4% no Canadá e de 44,5% nos Estados Unidos. De olho na expansão desse mercado, Bradesco e Banco do Brasil (BB) anunciaram ontem a criação da Livelo, empresa que vai explorar a área de fidelização.

As duas instituições seguem, assim, o que já fizeram as companhias aéreas TAM, agora Latam, e Gol, ao criar, respectivamente, Multiplus e Smiles como empresas independentes. As ofertas iniciais de ações (IPO em inglês) no mercado geraram lucro significativo aos controladores das aéreas. O IPO não está nos planos da Livelo. ;Nosso ganho será por meio do uso intensivo dos clientes;, disse Marcelo de Araújo Noronha, vice-presidente executivo do Bradesco.

O grande atrativo será a escala e a capacidade de negociação. Os dois bancos têm, juntos, 10 milhões de usuários de cartão de crédito em seus programas de fidelização ; o mercado estima que são 7 milhões de usuários no BB e 3 milhões do Bradesco.

No Bradesco, desde o último fim de semana, os clientes do programa de fidelidade já são remetidos ao site da Livelo para resgatar pontos. No caso do BB, a migração será progressiva, até o fim do ano. ;Queremos nos comunicar com cada segmento, para que percebam que a conversão é uma vantagem;, explicou o vice-presidente executivo do banco, Raul Moreira. A ideia da Livelo é oferecer o melhor valor disponível aos clientes nos 15 parceiros, lista que inclui Smiles e Multiplus, várias companhias aéreas, a agência de turismo CVC e lojas de eletrodomésticos, entre outras opções.

O sistema da Livelo permitirá uma precificação dinâmica, com ofertas especiais para segmentos ou pessoas específicas. Quem costuma viajar para determinado destino poderá receber como oferta um pacote para o local, com passagem, hospedagem e restaurante. ;O objetivo é que as pessoas gastem seus pontos da melhor maneira possível, pois quanto mais fazem isso, mais acumulam. Não queremos ganhar com os clientes que deixam os pontos expirar, que, em geral, se sentem desestimulados;, disse Noronha.

O repórter viajou a convite da Livelo


  • Ofertas

    Ao procurar por um produto no site da Livelo, o cliente poderá comparar preços com diferentes parceiros. Os preços serão mantidos por 15 minutos. Caso não queira comprar na hora, a busca ficará armazenada, com os preços constantemente atualizados. Era possível encontrar ontem no site, por exemplo, passagem aérea em um fim de semana entre Brasília e São Paulo ou Brasília e Rio para daqui a alguns meses, em um fim de semana, por 7.000 pontos ida e volta, um valor bastante competitivo.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação