O charme dos pratos e petiscos flambados

O charme dos pratos e petiscos flambados

Bebidas alcoólicas dão charme e sabor a receitas doces e salgadas. Confira onde encontrar pratos turbinados nos restaurantes da cidade

Renata Rios Sara Campos Especial para o Correio
postado em 17/06/2016 00:00
 (foto: Andre Violatti/Esp. CB/D.A Press)
(foto: Andre Violatti/Esp. CB/D.A Press)







Marinar, flambar, reduzir e refogar. Todas essas técnicas gastronômicas podem ser realizadas com o uso de bebidas alcoólicas. A escola clássica francesa, a mais respeitada do mundo, faz uso das vantagens das bebidas em pratos icônicos, como beef bourguignon e pera au vin, que têm o vinho tinto como uma das estrelas.

O sabor especial conferido por produtos como cerveja, uísque e cachaça vem acompanhado de uma importante observação: a qualidade das bebidas é fator fundamental para o sucesso do prato. ;Não uso um vinho que eu não beberia para a execução dos pratos. Sempre opto por vinho tinto seco;, afirma Lúcia Leão, proprietária do Leão da Serra, que aposta na sobremesa clássica pera au vin, na qual a fruta é cozida na bebida com açúcar e especiarias.

Na avaliação de Juan Verdesio, diretor da Associação Brasileira de Sommeliers (ABS), a escolha por uma bebida barata pode minar o resultado do prato. ;Geralmente, as opções de preço muito baixo pecam pela qualidade. O álcool é evaporado no cozimento e os outros sabores da bebida são liberados. Isso pode causar grandes alterações na receita;, explica. Outro ponto destacado pelo especialista é o cozimento lento do prato preparado com bebidas. ;Cozinhar em fogo baixo vai evitar um possível sabor amargo;, destaca.

Dedicada ao preparo de molhos e geleias, a chef Renata Mandelli enxergou na utilização de bebidas alcoólicas a possibilidade de trazer um sabor diferente.

;O álcool levanta o sabor natural da fruta e quebra a doçura do açúcar. Essa combinação sai do lugar-comum entre as geleias de frutas encontradas nos mercados;, ressalta Mandelli, que têm, entre as opções, sabores inventivos, como abacaxi, conhaque e gengibre; e cabernet sauvignon com amoras negras.

serviço
Confira os endereços citados na matéria na página 8.


Apostas diferenciadas
o sanduíche pork Jack Daniels (R$ 28,90), servido no Bla;s é recheado com hambúrguer de capa da paleta suína desfiada, temperada e flambada com o uísque que dá nome ao preparo. Para a montagem, o chef Thomas Lima acrescenta cebolas-roxas, cheedar e molho barbecue com Jack Daniels.

Outras pedidas entre as 11 ofereceridas no local são o blue cheese (R$ 28,90), hambúrguer bovino com gorgonzola e rúcula; e o vegetariano (R$ 28,90), com shitake e shimeji, com ou sem uma rodela de abacaxi, queijo e pão integral.

Na nova loja, inaugurada no condomínio Life, os clientes contam com dois diferenciais em relação ao ponto da Asa Norte: o bufê (R$ 49,90 ; o quilo) e os drinques. Na carta, o chef sugere o blastronômico (R$18,90) ; ;É um drinque feito com gim, xarope de maçã verde, cointreau, limão e aperol;, descreve ; e o bla;s especial (R$ 20,90), com vodca, suco de cramberry, licor de frutas, xarope de gengibre e limão.

Promoção
Para atrair clientes para o novo horário de funcionamento da casa, o Bla;s está trabalhando com uma promoção. Das 15h às 18h, o segundo hambúrguer sai pela metade do preço.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação