Grêmio cobra dinheiro do Atlético-MG

Grêmio cobra dinheiro do Atlético-MG

postado em 17/06/2016 00:00


O Grêmio entrou com uma ação contra o Atlético-MG requerendo a execução de parcelas não pagas relativas à negociação do goleiro Victor. A 17; Vara Cível de Porto Alegre enviou uma Carta Precatória Cível de execução das dívidas que chegam a
R$ 8.696.848,91. Assim que o clube alvinegro for notificado, terá três dias para pagamento, sob pena de penhora de bens. O Galo pode recorrer da decisão.

Trata-se de um processo de execução e não de uma sentença condenatória, uma vez que o Atlético não cumpriu o contrato e deixou de efetuar parte do valor combinado com o Grêmio em contrato. O documento mostra que o Atlético pode efetuar o depósito de 30% do débito imediatamente e parcelar o restante em seis vezes.

O Atlético deve ser notificado por um oficial de Justiça nas próximas semanas. Em um primeiro momento, a Carta Precatória voltou ao Rio Grande do Sul por causa de um erro de endereço. Neste mês, a carta foi reenviada. A ação foi proposta pelo Grêmio na Justiça no dia 4 de abril de 2016.

O Grêmio entrou com o processo exigindo pagamento em junho de 2015. Naquele momento, o clube gaúcho cobrava 1,5 milhão de euros, valor equivalente a
R$ 5,2 milhões ; acréscimo de mais de 3,4 milhões em relação a dívida atual do clube mineiro.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação