Tricolor, enfim, vence no DF

Tricolor, enfim, vence no DF

postado em 17/06/2016 00:00


O Fluminense aproveitou a primeira exibição do Corinthians sem Tite para quebrar uma maldição: o tricolor finalmente venceu no Mané Garrincha. Depois de cinco jogos amargando empates ou derrotas, o time das Laranjeiras contou com a velocidade do meia Cícero após o rebote de Cássio em uma cobrança de pênalti para decidir a partida. Preterido por Tite nas últimas partidas, Cássio entrou durante o jogo no lugar do goleiro Walter, que saiu lesionado. Elias, de volta da Seleção, também sentiu contusão. No fim da partida, Cássio partiu para a área no desespero e chegou a cabecear a bola por duas vezes. Não resolveu como atacante.

Antes de vencer o Corinthians em Brasília, o Fluminense havia perdido para Atlético-MG, Botafogo e Flamengo e empatado com o Bahia e o Internacional no Mané Garrincha. Autor do gol da vitória, Cícero comemorou o fator sorte. ;Depois que a bola entrou, até lembrei que eu estava passando perto nas últimas rodadas e levando azar nas finalizações. A bola passava perto, mas não entrava. Quando ela voltou para mim, pensei que a sorte tinha virado. Às vezes, isso é importante, né?;.

Cássio comentou a volta ao gol do Corinthians. ;Infelizmente, peguei o pênalti, mas não conseguiu pegar o rebote. Agora, temos que nos reabilitar;, cobrou.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação