Com endereço físico

Com endereço físico

» RENATO ALVES
postado em 24/06/2016 00:00
A relação do Uber com o cliente se dá por meio do telefone celular. Mas, como em toda cidade onde atua, a empresa tem pontos fixos em Brasília. Um deles fica no Hotel Mercure, no Setor Hoteleiro Norte. Batizado de Centro de Atendimento, ali ocorrem recrutamentos e treinamentos de motoristas. Funcionando de segunda-feira a sábado, no centro, funcionários do aplicativo tiram dúvidas dos prestadores de serviço, mas também os contratam e os demitem. Em caso de reclamação do usuário, por exemplo, o profissional do volante é chamado para se explicar na sala alugada pela multinacional. Em caso de reincidência, ele é dispensado.

Para tratar do relacionamento com o cliente, o Uber mantém um escritório em uma empresa de co-working, no Plano Piloto, onde trabalham 15 pessoas. São profissionais de marketing e de atendimento ao público. Entre outras coisas, eles são encarregados de responder as reclamações dos usuários e cuidar da imagem do serviço perante a sociedade. No Brasil, onde chegou há dois anos, o escritório central fica em São Paulo.

Há cerca de 5 mil pessoas dirigindo para o Uber em Brasília ; 1,5 mil no Uber Black e 3,5 mil no Uber X. Os rendimentos líquidos dos trabalhadores variam entre R$ 4,3 mil por mês (R$ 1.085 por semana) e R$ 7 mil (R$ 1.750 semanais), descontadas as porcentagens para o Uber ; 20% no Black e 25% no X. As informações são da página da empresa e estão direcionadas aos interessados em virarem motoristas do aplicativo.

O valor mais baixo é uma estimativa para os motoristas que praticam o ;turno normal; do Uber, ou seja, que trabalhem entre 7h e 9h por dia, com um dia de folga por semana, e têm uma boa avaliação dos passageiros pelo aplicativo ; por ele, ao fim de cada viagem, o cliente é convidado a dar uma nota, que varia de uma a cinco estrelas. Já o piso de R$ 7 mil é estimado pelo Uber para os ;melhores motoristas;, que trabalham entre 10 e 12 horas diárias, também com um dia de descanso na semana e avaliação excelente dos clientes. Como todos os pagamentos das corridas são feitos pelo aplicativo, o motorista recebe o dinheiro da empresa uma vez por semana, direto em conta especificada por ele. A empresa não divulga o seu faturamento nem os números exatos de funcionários, carros e motoristas no Brasil.


Presente em 10 cidades

Lançada nos Estados Unidos em 2010, a Uber está presente
em 70 países e mais de 400 cidades. No Brasil, as operações foram iniciadas em junho de 2014 e funciona em Brasília, São Paulo,
Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre, Goiânia,
Campinas, Curitiba, Recife e Salvador. Em algumas delas,
a atividade acontece por meio de liminar na Justiça.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação