>> Sr. Redator

>> Sr. Redator

Cartas ao Sr. Redator devem ter no máximo 10 linhas e incluir nome e endereço completo, fotocópia de identidade e telefone para contato. E-mail: sredat.df@dabr.com.br

postado em 01/08/2016 00:00

Entrevista José Serra
O ministro José Serra disse ao Correio que a ;era PT foi um retrocesso;. Mas retrocesso é o fator previdenciário, a miséria, a fome, os juros altos, os privilégios para os mais ricos e tratar os aposentados como lixo. Isso, sim, é um retrocesso do governo do PSDB, que humilhou os mais pobre. Negros não tinham direito de estudar em uma faculdade pública. O governo do PSDB foi desastroso, incompetente e corrupto.
; David faria,
Brasília


Privilégios
Um suplente de Senador do DF bate recorde em número de assessores e, consequentemente, em gastos. Parlamentar da inútil Câmara Legislativa faz turismo no exterior, às custas dos nossos impostos. Enquanto isso, recorrentemente, vidas de verdadeiros cidadãos são perdidas devido às precariedades da rede de saúde. A quem interessa tamanha promiscuidade?
; Jivanil Caetano de Farias
Águas Claras


Terrorismo
Às vésperas da Olimpíada, a preocupação com a segurança no Brasil se eleva exponencialmente. Os olhos e os sentimentos do planeta estão voltados para nós. Muitos planos e treinamentos, muitas projeções e demais cuidados. No entanto, todos sabem que nenhum terrorista age às claras. O alcance está na intensa propagação do medo e o respeito aos seus ideais. As grandes potências não estão conseguindo conter o efeito surpresa do terrorismo. Estas ações de publicidade e toda a prevenção do governo e dos organizadores só servem para dar satisfação para a sociedade. Vale, neste momento, a atenção redobrada e a união dos brasileiros e turistas. Qualquer percepção diversa do cotidiano previsível, recorrer, de pronto, aos policiais!
; João Coelho Vítola
Asa Sul


Médico debochado

A atitude do hospital (de afastar o profissional) foi excelente. Debochar de um paciente é um desrespeito gigante com pessoas simples. E, em língua falada, mesmo com pronúncia diferente, são aceitáveis esses tipos de erros. O se fazer entender é o mais importante, regras podem ficar à margem. Esse médico é arrogante e deslumbrado. Um vaidoso.
; Reddnatt Brasil,
Brasília

O que adianta ter uma formação acadêmica, se o respeito ao próximo não vier acompanhado? Não há bioética que resolva esse tipo de comportamento! Não há o famoso ;juramento de Hipócrates;, feito pelos mesmos médicos, que resolva esse problema.
; Roberto Walger,
Brasília

; O médico foi bastante infeliz no que fez, mas nem de longe merece ser ridicularizado e xingado por milhares de pessoas que, pelo visto, nunca acharam graça do jeito de outros falarem. Exigem humanização, mas não poupam pedras para execrar publicamente alguém que, num momento de humanidade, fez, numa roda de amigos, uma brincadeira de gosto questionável que saiu do controle.
; Enoque Júnio Calado,
Brasília


; Falta de caridade com o próximo. Hoje em dia, formação em medicina é só pra ganhar dinheiro. Daí você tira os tantos erros médicos cometidos. Outra coisa: não é um fato isolado. Basta ler em outras reportagens quando o mesmo médico mencionou a uma dona de casa que passava o dia com o filho, afirmando que ela não tinha ocupação.
; Gizeli Vieira,
Brasília


Aço brasileiro
O consumo de aço teve uma queda significativa, em razão da crise nas mais diferentes economias mundiais. E, com issto, as siderúrgicas brasileiras entraram em crise também. Enquanto isto não se resolve, o aço poderia ser usado no sistema ferroviário, tanto em relação aos trilhos, como nos demais equipamentos. Afinal, num país de dimensão continental, as ferrovias deveriam merecer mais atenção tanto em relação ao transporte de mercadorias como de passageiros. E algumas siderúrgicas elaboraram também projetos habitacionais com estrutura de aço. Por que essas duas questões não são devidamente avaliadas pelos governos e pelas empresas?
; Uriel Villas Boas,
Santos (SP)

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação