DEU no www.correiobraziliense.com.br

DEU no www.correiobraziliense.com.br

Para saber mais sobre essas notícias, acesse www.correiobraziliense.com.br

postado em 11/12/2016 00:00



UPP da Penha é palco de tiroteio
Policiais e criminosos entraram em confronto na manhã de ontem, no Morro da Chatuba, no bairro da Penha, zona Norte do Rio. Segundo a Unidade de Polícia Pacificadora (UPP), uma das bases instaladas no local foi atacada e um tiro atingiu o colete de um policial que não teve o nome identificado. Ele não se feriu, mas, ainda assim, foi levado para passar por exames no Hospital Central da Polícia Militar (HCPM), no bairro do Estácio, na zona central da cidade. Policiais de outras unidades pacificadoras e do 16; Batalhão de Polícia Militar (BPM) garantem o reforço da segurança no local, de acordo com a nota divulgada pela UPP.


Ônibus invade saguão de rodoviária
Uma pessoa ficou gravemente ferida após ser atropelada por um ônibus da empresa Cometa, que invadiu o saguão do Terminal Rodoviário de Campinas (SP). O veículo atingiu diversos passageiros que estavam na plataforma de embarque e desembarque, na tarde deste ontem. Outras três pessoas ficaram levemente feridas. O motorista estava estacionando o veículo na plataforma 28 quando perdeu o controle e, em vez de engatar a marcha ré, engatou a primeira marcha. O ônibus quebrou o vidro que separa os passageiros da plataforma de embarque e colidiu com o pilar de sustentação da rodoviária. O coletivo estava lotado de passageiros.


Identificados mais dois suspeitos
A polícia identificou os dois suspeitos de participar da morte do turista italiano Roberto Bardella, de 52 anos, na última quinta-feira, no Rio de Janeiro. A Justiça Fluminense já expediu mandados de prisão temporária. São eles Raphael Correia Pontes, também conhecido como Pedro de Lara, de 33 anos, e Bruno Gonçalves Campos Ferreira, conhecido como Gordinho e Bigode de Foca, de 34 anos. Com esses dois, há oito suspeitos de terem participado do homicídio. O turista foi morto após entrar por engano no Morro dos Prazeres, em Santa Teresa.
A identificação dos suspeitos foi feita por Rino Polato, primo de Roberto. Rino foi ameaçado e ficou em poder dos criminosos por cerca de 2 horas.


Suspensa deportação de venezuelanos
Decisão da Justiça Federal interrompeu a deportação de mais de 450 venezuelanos detidos em Roraima por permanência ilegal. O grupo foi detido na manhã de sexta-feira. Dos 450, mais de 180 são crianças e alguns indígenas venezuelanos. Os imigrantes sobreviviam por meio de doações e venda de produtos artesanais. A decisão da Justiça de interromper a deportação ocorreu para se dar o direito ao contraditório aos imigrantes, que estavam sem a documentação necessária para permanecer no país.


Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação