Perspectivas para 2017 em debate

Perspectivas para 2017 em debate

» RENATO SOUZA ESPECIAL PARA O CORREIO
postado em 14/12/2016 00:00

A aprovação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que limita por 20 anos os gastos do setor público é uma das medidas que devem ter forte impacto na economia brasileira. Além disso, os últimos acontecimentos políticos e as reformas enviadas ao Congresso Nacional prometem agitar o mercado no próximo ano. Esse e outros temas serão discutidos nesta tarde no seminário Correio Debate ; Desafios para 2017, que reunirá autoridades, economistas e representantes de setores produtivos.

No evento, os convidados vão analisar o cenário político e as projeções para a economia no próximo ano. Entre as personalidades com presença confirmada está o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, que deve abrir os trabalhos, às 14h30. O seminário terá painéis de debate sobre o agronegócio, a indústria, a construção civil e o varejo. Além do ministro da Fazenda, já confirmaram presença os ex-diretores do Banco Central (BC) Carlos Eduardo de Freitas e Tony Volpon, além do secretário executivo de Programas de Parceria de Investimentos do Governo Federal, Wellington Moreira Franco. Também participarão do debate o economista-chefe da Gradual Investimentos, André Perfeito, e o cientista político Murillo de Aragão.

O presidente da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), José Carlos Martins; o da Confederação de Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), João Martins da Silva Junior; o economista-chefe da Confederação Nacional do Comércio (CNC), Carlos Thadeu de Freitas; e o presidente da Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee), Humberto Barbato, vão apresentar os desafios para os setores que representam. O seminário atraiu interesse até mesmo fora do Brasil. Correspondentes internacionais farão a cobertura do evento, entre eles jornalistas da CCTV, da China.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação