CMN reduz juros

CMN reduz juros

» ROSANA HESSEL
postado em 01/04/2017 00:00

O Conselho Monetário Nacional (CMN) definiu ontem novas taxas de juros para os financiamentos realizados com recursos dos Fundos Constitucionais de Financiamento do Norte (FNO), do Nordeste (FNE) e do Centro-Oeste (FCO) para o período de 1; de abril a 31 de dezembro de 2017.

O CMN reduziu em 0,5 ponto percentual a taxa dos juros para os empréstimos do FCO, de 10% para 9,5% ao ano. Para as taxas dos financiamentos do FNE e do FNO, a redução foi de 0,45 ponto percentual, de 9% para 8,55% ao ano. Nesses dois casos, os encargos financeiros das operações contratadas contam com bônus de adimplência de 15%, que foi mantido.

O colegiado também definiu novos encargos financeiros para as operações de crédito contratadas para os demais setores, exceto o rural, com recursos dos Fundos de Desenvolvimento, como o da Amazônia (FDA), do Nordeste (FDNE) e do Centro-Oeste (FDCO). As taxas dos dois primeiros foram reduzidas em 0,5 ponto percentual, de 7,85% ao ano para 7,35%, por exemplo. Os juros do FDCO caíram de 8,5% para 8% ao ano.

O CMN ainda ampliou, em R$ 1 bilhão, o limite de contratação por parte de empresas estaduais de energia elétrica para projetos vinculados ao Programa de Geração e Transmissão de Energia Elétrica, de R$ 2,5 bilhões para R$ 3,5 bilhões. De acordo com a chefe da assessoria do Tesouro Nacional, Viviane da Silva Varga, a medida busca ;viabilizar a contratação de financiamentos;.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação