Joesley Batista é afastado do conselho da J

Joesley Batista é afastado do conselho da J

» ANTONIO TEMÓTEO
postado em 01/04/2017 00:00

O juiz Vallisney de Souza Oliveira, titular da 10; Vara Federal do Distrito Federal, afastou Joesley Batista do cargo de presidente dos conselhos de administração da Eldorado Brasil Celulose e da holding de participações J. O grupo possui entre as suas marcas a JBS, Seara, Havaianas, Banco Original e Vigor.

O magistrado também o proibiu de se comunicar com qualquer investigado nas operações Greenfield, Sepsis e Cui Bono, ressalvando os contatos com o irmão Wesley Batista. Ele ainda será obrigado a informar, com 24 horas de antecedência, viagens ao exterior e não poderá participar de deliberações relacionadas à administração da Eldorado.

Segundo o Ministério Público Federal (MPF), Joesley atuou para atrapalhar os trabalhos de investigação que apontam irregularidades nos investimentos da Funcef e da Petros. Ele teria contratado uma empresa de consultoria para encobrir eventuais irregularidades na aplicação dos fundos de pensão no FIP Florestal, que deu origem a Eldorado.

A decisão do magistrado prevê que J contrate uma apuração independente para investigar eventuais irregularidade na Eldorado. José Carlos Grubisch Filho, presidente da empresa de celulose também foi afastado do seu cargo pela Justiça.

A J informou que Joesley Batista cumprirá as medidas cautelares requeridas pelo MPF e deferidas pelo juiz e que o empresário usará todas as medidas cabíveis para exercer o direito de defesa. A Eldorado informou que, de acordo com a decisão judicial, mantém a diretoria e, em 30 dias, elegerá o novo presidente do Conselho de Administração. José Carlos Grubisich afirmou que utilizará o prazo de cinco dias concedido pelo juiz para recorrer sobre seu possível afastamento da presidência da Eldorado.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação