Beleza grandiosa

Beleza grandiosa

Em Foz do Iguaçu (PR), o que não faltam são opções de passeio. Das Cataratas à Usina de Itaipu, são belezas que encantam a todos e surpreendem até os mais aventureiros

» Geison Guedes Especial para o Correio
postado em 19/04/2017 00:00
 (foto: Cataratas do Iguaçu/Divulgação - 16/11/13 )
(foto: Cataratas do Iguaçu/Divulgação - 16/11/13 )


;Abençoado por Deus e bonito por natureza;, é mais que uma declaração de amor ao Brasil, na música de Jorge Ben Jor. O país esbanja seus encantos por mais de oito milhões de quilômetros quadrados do seu território. Do sertão à floresta amazônica, passando pelo pantanal, cerrado, litoral, pampas e rios, um verdadeiro show de beleza natural e guarda esplendores como as Cataratas do Iguaçu ; uma das sete maravilhas da natureza em todo o planeta.

O conjunto, formado por mais de 270 quedas d;água ao longo do rio Iguaçu, fica na divisa do Brasil com a Argentina. A área forma parques nacionais, que juntos somam mais de 250 mil hectares e são preservados com rigor. Apesar disso, nos dois lados da fronteira a visitação é permitida, além de diversas outras atividades.

Foz do Iguaçu, a cidade brasileira das Cataratas, conta com um sem número de atrações além do parque nacional. Na região, o turista pode aproveitar para visitar a usina de Itaipu ; uma das maiores hidrelétricas do mundo ;, o Vale dos Dinossauros, o Parque das Aves, um museu de cera e o marco das Três Fronteiras. Isso sem falar nas compras no lado argentino, em Puerto Iguazú e no Paraguai, na Cidade do Leste.



Com escala

Para chegar até a cidade paranaense, a melhor opção é ir de avião, mas prepare a carteira, pois a passagem não é muito barata. Saindo de Brasília, o preço médio do bilhete ; no intervalo de uma semana ; varia de R$ 700 a R$ 1 mil, com o inconveniente de ter defazer escalas. O aeroporto, apesar de ficar fora da cidade, é bem próximo do centro e de grande parte dos hotéis. Por ser bem turística, Foz conta com uma boa diversidade de hospedagem. Os valores das diárias variam de R$ 130 a R$ 880.

Ao desembarcar no Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu/Cataratas, o visitante já sente o primeiro grande impacto: a temperatura é bem diferente da de Brasília e o calor convidapara passeios próximos às águas das cataratas. Enquanto na capital o clima é muito seco, na cidade paranaense a umidade é abundante. Andando pela ruas, um segundo impacto é a quantidade de carros com placa do Paraguai e da Argentina. Nem parece que estamos do lado brasileiro.


Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação