Foresti reclama de rival por acidente

Foresti reclama de rival por acidente

Maria Eduarda Cardim Especial para o Correio
postado em 25/04/2017 00:00
 (foto: Duda Bairros/Vicar

)
(foto: Duda Bairros/Vicar )




Após o susto da batida que sofreu na segunda etapa da Stock Car, disputada em Porto Alegre, no domingo, o piloto brasiliense Lucas Foresti recebeu alta do hospital e voltou para Brasília ontem. Com cinco pontos na perna e o pescoço dolorido, ele criticou a atitude de Antonio Pizzonia de voltar de forma rápida para prova, o que acabou causando o acidente.

Após girar na pista em um acidente com o veículo de Tuka Rocha, Pizzonia decidiu retornar, mas, ao arrancar, atingiu o carro de Foresti, que teve de deixar a pista de maca. O brasiliense acredita que a batida poderia ter sido pior. ;Ele estava numa zona de risco. Deveria ter ido para a grama e voltar com segurança para a prova;, analisa, em entrevista ao Correio.

Foresti explica que ainda tentou desviar, mas não conseguiu. ;Tinha acabado de acontecer um acidente, e eu me posicionei para passar do lado esquerdo da pista, porque o vi mais do lado de fora;, conta. Pizzonia foi punido e será obrigado a largar em último lugar na próxima etapa, marcada para 21 de maio, em Santa Cruz do Sul (RS).

Em 26; lugar na temporada, com seis pontos, o brasiliense afirma que esperava o pódio na última corrida, mas agora pensa em se preparar para a disputa no Sul. ;É deixar o corpo se recuperar e começar a focar na próxima etapa. Pretendo voltar aos treinos no fim desta semana;, diz. Até o fechamento desta edição, Pizzonia não respondeu o contato da reportagem.

Com os resultados de domingo, a liderança da temporada da Stock é dividida por Daniel Serra e Thiago Camilo, com 69 pontos.





Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação