Grita geral

Grita geral

postado em 25/04/2017 00:00


UnB
Sem linha direta de ônibus

A leitora Isabella Chrisostomo, 22 anos, entrou em contato com a equipe do Grita Geral para reclamar das linhas de ônibus. ;Quem mora na W3 Norte não tem opção, a não ser descer a L2 todinha para chegar à UnB e isso é perigoso;, disse. E destacou, sobretudo, o perigo para o qual está exposto quem, assim como ela, tem aulas à noite. ;Tenho medo de sair da aula e ir para casa. Não é todo dia que tem carona;, emendou. Sugere, ainda, uma solução para o problema: ;Seria resolvido facilmente se as linhas 115 e 116 fizessem uma linha alternativa 115.3 e 116.3, acrescentando o trajeto que a 110 faz dentro da UnB;, propôs.

; O Transporte Urbano do Distrito Federal (DFTrans) informou que analisa constantemente a demanda de passageiros com vistas a adequação das linhas de ônibus e a criação de novos itinerários. ;Os dados atuais demonstram que o número de usuários do transporte público coletivo da W3 Norte para UnB não viabiliza a criação de linha direta;, afirmou. Acrescentou, por fim, que, para o deslocamento até a UnB, os usuários podem ir até a Rodoviária do Plano Piloto e utilizar a linha 0.110, que, segundo o órgão, tem frequência, nos horários de maior movimento, de quatro minutos.



Parque da Cidade
Vestiários sem manutenção

Renato Soares de Moraes, leitor de 54 anos, manifestou seu descontentamento ao Correio com relação à manutenção dos vestiários do Parque da Cidade. ;Ocorreu, há quase um ano, um problema no sistema elétrico dos vestiários, deixando uma parte da recepção e os chuveiros sem funcionar;, relatou. Por mais de seis meses, conforme o leitor, o local tinha que ser fechado quando começava a escurecer. ;Isso prejudicou os atletas que utilizavam os vestiários, justamente, na hora que saem do trabalho;, argumenta. ;Fizeram uma gambiarra e as lâmpadas já estão funcionando, mas os chuveiros continuam sem funcionar.;

; A Secretaria de Esporte, Turismo e Lazer informou que os chuveiros dos vestiários do Parque da Cidade, assim como a iluminação, estão em funcionamento. ;Em cumprimento ao Decreto n; 37.976, publicado em 24 de janeiro de 2017 no Diário Oficial do Distrito Federal, que determina situação de emergência e restrições para o uso de água no Distrito Federal, foi alterado o funcionamento dos chuveiros;, explicou. Com isso, conforme a pasta, a resistência foi desligada para tornar os banhos mais rápidos e gerar economia.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação