Do arco-da-velha

Do arco-da-velha

postado em 06/08/2017 00:00
São as coisas inacreditáveis, absurdas, ;do arco-da-velha;, como se diz. A origem da expressão nos leva a Portugal. Lá, é assim que se chama o arco-íris, veja você. Íris é o nome de uma deusa grega, alada, uma ponte entre o céu e a Terra, entre os deuses e os homens, a mensageira que nos traz as manifestações da divindade Juno. Uma espécie de correio mitológico, cobre-se com um xale que, ao Sol, toma as sete cores do arco-íris.

Muitas lendas falam sobre suas propriedades mágicas e disparatadas. Por exemplo, dizem que a figura da velha é a de uma feiticeira que, entre outras coisas curiosas, bebe água num lugar para despejá-la em outro. E também asseguram que, passando sob o arco-íris, quem é homem viraria mulher e vice-versa.

Alguns leitores e amigos, como Evaristo de Oliveira, de Brasília; Berenice Guaraciaba Ferreira Brasil e Regina Ivete Lopes, também de Brasília, e Adalberto Alves Parreira, de Belo Horizonte, perguntam a origem da expressão. Ela, porém, não exclui a variação ;arca-da-velha;, aquele baú que guarda coisas muito antigas e que pode revelar, ao ser aberto, surpreendentes relíquias, as tais coisas do arco-da-velha.

LUPUS ; O nome inteiro dessa doença é lupus erimatoso, que apavora muita gente. Enfermidade cutânea inflamatória, autoimune, causa lesões generalizadas, as mais comuns na face, na área do molar, na ponta do nariz, no lábio inferior e nas orelhas. A palavra vem do latim lupus, ;lobo;. Mas, por que lobo? Porque a doença produz erupções na pele que geralmente formam desenho parecido com o focinho do animal. As vítimas da moléstia devem evitar, terminantemente, exposição à luz solar sem proteção ou, então, se submeter a um tratamento, com unha-de-gato, podes crer. Melhor dispensar um bronzeado sedutor e se conformar em ser branquela, mas saudável.

KIWI ; A palavra vem do idioma dos maoris, o povo indígena da Nova Zelândia. Designa um pássaro de asas muito curtas que, por isso mesmo, não consegue voar. A ave se transformou no símbolo nacional daquele belo país ; e, por extensão, no gentílico dos neo-zelandeses. Kiwi também se popularizou como nome de uma deliciosa frutinha de aspecto esquisito por fora e bonita por dentro, originalmente cultivada na Nova Zelândia e hoje muito apreciada pelo mundo. Entre nós, brasileiros, o kiwi se transformou em figurinha fácil nas melhores sobremesas.

GRINGO ; Há várias versões para explicar a origem dessa palavra. Segundo uma delas, ;gringo; era como os mexicanos chamam os soldados americanos durante a guerra que travaram, no século 19, com os EUA. As tropas de Tio Sam, que invadiram o país vizinho, usavam fardas predominantemente verdes. Numa alusão à cor dos uniformes inimigos, os mexicanos, enfurecidos, gritavam Green, go, ;Fora,Verdes!”. Outra explicação diz que a palavra vem da famosa canção Green Grow The Lilacs, (;Os lilases crescem verdes;), que os soldados norte-americanos cantavam nessa mesma guerra. Daí, passaram a ser designados pejorativamente de green grow, cuja corruptela teria dado ;gringo;. Outra hipótese ainda defende que a palavra é uma alteração de griego, ;grego;, usada no sentido de ;linguagem incompreensível, falar grego;. De uma forma ou de outra, gringo não chega a ser tratamento ofensivo, apenas uma forma levemente irônica de identificar o estrangeiro, inclusive aqueles que, inadvertidamente, se esticam nas areias das praias cariocas e, de repente, se veem surrupiados em algum arrastão.

AMIZADE ; Ela vem do latim amicitas e significa, literalmente, amizade, afeição, simpatia. Simples, não? Agora, quando se fala em ;amizade-colorida;, tão em voga nos dias de hoje, o sentido é mais apimentado. Trata-se de relacionamento amoroso, inclusive sexual, sem compromisso de estabilidade ou fidelidade mútua. Uma forma de vínculo ligeiro, diferente da moderna acepção do verbo ficar, quando o casal mal se conhece, apenas resta efêmero convívio de bar ou de cama e não sobra nada a não ser vaga lembrança.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação