Viaduto da morte

Viaduto da morte

Polícia investiga se fumaça de uma queimada causou o engavetamento de 36 veículos numa rodovia em Jacareí, no interior de São Paulo. Colisões em série provocaram incêndio e mataram dois. Vinte pessoas ficaram feridas

postado em 31/08/2017 00:00
 (foto: Corpo de Bombeiros - SP/Divulgação)
(foto: Corpo de Bombeiros - SP/Divulgação)


Duas pessoas morreram e 20 ficaram feridas ; duas em estado grave ; num engavetamento envolvendo 36 veículos na manhã de ontem, na Rodovia Carvalho Pinto, em Jacareí, no interior de São Paulo. As colisões causaram incêndio e explosões e interditaram as vias da estrada. O acidente ocorreu pouco antes das 8h, na altura do quilômetro 73. Trinta e quatro carros de passeio e dois caminhões se envolveram nas batidas.

Segundo a Polícia Civil, o motorista de um dos caminhões morreu. A outra vítima foi encontrada debaixo do viaduto pelo qual os veículos passavam no momento do acidente. Ainda não se sabe se ela teria sido arremessada no choque ou se teria pulado na tentativa de se salvar do incêndio provocado pelo engavetamento.

De acordo com a Ecopistas, concessionária que administra a rodovia, relatos de testemunhas apontam que alguns veículos de passeio estavam parados na estrada quando um caminhão que transportava tinta se aproximou e parou. Um segundo caminhão, carregado de sucata, bateu e jogou um carro de passeio embaixo do caminhão com tinta, o que teria dado origem ao incêndio. As chamas atingiram outros veículos.

O Corpo de Bombeiros informou que a carga inflamável do caminhão de tinta contribuiu para a gravidade do acidente. Três caminhões-pipa da cidade de Jacareí foram deslocados para ajudar no combate ao incêndio.

As causas do engavetamento ainda estão sendo apuradas, mas, a partir de depoimentos de testemunhas, a Polícia Rodoviária Estadual (PRE) não descarta a hipótese de que a fumaça provocada por uma queimada debaixo do viaduto tenha atrapalhado a visibilidade dos condutores dos veículos.



Ao todo, foram deslocados 58 homens do Corpo de Bombeiros e três viaturas do Samu para atender a ocorrência. O helicóptero Águia também foi acionado.

Equipes da Ecopistas e um perito externo fizeram uma avaliação técnica do viaduto e constataram que não houve abalo estrutural do trecho.

Criança

No meio do caos provocado pelo acidente, uma cena emocionante de solidariedade. Mesmo com o carro destruído e com a esposa tendo o braço fraturado, um homem de Guararema, que se identificou apenas como Carlos, resgatou um menino de 5 anos que havia ficado sozinho no veículo vizinho. Os familiares do garoto ficaram feridos e foram levados para hospitais. O menino escapou ileso, mas não pôde ser levado de ambulância com os pais e avós.

A criança estava assustada e abraçando forte o desconhecido que o socorreu. ;A família do garoto bateu o carro do lado do meu. Como minha esposa só quebrou o braço, deu para a gente descer e sair do local, mas eu fui tirar a criança do outro carro e trouxe para cá;, contou Carlos. Ele aguardava a chegada de um irmão mais velho do menino, que chegaria de São Bernardo, para entregá-lo.


"Acho que Nossa Senhora me colocou aqui para ficar com ele. Ela me escolheu para ficar aqui e ajudar um pouco no meio dessa tragédia toda;
Carlos, motorista que cuidou de um menino no acidente


Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação