Cheiro de clássico mineiro

Cheiro de clássico mineiro

Flamengo e Fluminense vacilam contra paranaenses e abrem brecha para que Cruzeiro e Atlético-MG decidam título do torneio

postado em 31/08/2017 00:00
 (foto: STAFF/Divulgação)
(foto: STAFF/Divulgação)




A Primeira Liga pode ter uma final estadual. Se a camisa pesar, a tendência é que seja mineira, entre Cruzeiro e Atlético, se ambos passarem, respectivamente, Londrina e Paraná. Em Belo Horizonte, o Cruzeiro eliminou o Grêmio por 2 x 0. Em Porto Alegre, o Galo precisou de um gol para despachar o Internacional. O maior vexame foi protagonizado pelos cariocas. Atual campeão, o Fluminense caiu diante do Londrina no Estádio do Café, por 2 x 0. O Flamengo conseguiu empatar com o Paraná no tempo normal, por 1 x 1, e perdeu nos pênaltis por 5 x 4.

Os meninos Vinicius Júnior e Lucas Paquetá erraram cobranças de pênalti, mas o vilão da eliminação rubro-negra estava no gol. Alex Muralha falhou na cobrança de falta do meio da rua de Renatinho quando o time vencia por 1 x 0. Nos pênaltis, não defendeu nenhuma. Em uma delas, o travessão salvou a equipe carioca. Nem mesmo a sonhada entrada de Conca impediu a segunda eliminação no ano. Antes, o clube havia sido eliminado da Copa Libertadores da América. Restam a final da Copa do Brasil, as oitavas da Sul-Americana e o Brasileirão.

A queda na Primeira Liga deixa um saldo preocupante para o Flamengo. Suspenso para a final da Copa do Brasil, Guerrero não enfrentará o Cruzeiro na próxima quarta-feira. O substituto, Felipe Vizeu saiu de campo lesionado e passa a ser dúvida para o jogo de ida, no Maracanã.

Após a partida, apenas o meia Everton Ribeiro comentou o resultado. ;Buscamos o jogo. Eles vieram fechados. Em uma falta bem batida, levaram para os pênaltis. Queríamos mais, mas temos uma Copa do Brasil, o Brasileiro e a Sul-Americana pela frente e não podemos parar. Tem de continuar o trabalho. O professor (Reinaldo Rueda) está implementando o trabalho dele e o ritmo. É isso que temos de fazer;, ponderou.

Adversário do Flamengo na final da Copa do Brasil, o Cruzeiro voltou a eliminar o Grêmio no Mineirão. Desta vez, não precisou de pênaltis. Raniel e Arrascaeta decretaram o triunfo e mantiveram o sonho de o time celeste fechar o ano com dois títulos. A semifinal será no Estádio do Café contra o Londrina. Dois gols de Carlos Henrique decretaram a vitória por 2 x 0 sobre o Fluminense.

Eliminado da Libertadores, da Copa do Brasil e mal no Brasileirão, o Atlético-MG também tem apenas a Primeira Liga para se agarrar após vencer o Internacional por 1 x 0 no Beira-Rio, gol de Clayton.




Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação