Cacique de rodas

Cacique de rodas

Com para-lamas envolventes e cromados, e motorzão V2, modelo da lendária marca americana Indian resgata o visual do passado, mas traz tecnologia que revela seu lado moderno

» Téo Mascarenhas Especial para oCorreio
postado em 31/08/2017 00:00
 (foto: Indian/Divulgação - 25/5/16 )
(foto: Indian/Divulgação - 25/5/16 )


Considerada a marca de motocicletas pioneira nos Estados Unidos, a Indian nasceu em 1901, produzindo bicicletas, que evoluíram para bicicletas motorizadas e depois para motos, que se transformaram em uma espécie de lenda. O sucesso veio com os motores do tipo V2, que registraram vários recordes de velocidade e a liderança de mercado, sempre duelando com a eterna rival e também americana Harley-Davidson. Entretanto, nada disso foi suficiente para impedir o declínio nas vendas até o fechamento das portas, na década de 1950, provocado pela invasão das motos inglesas, mais rápidas, leves e mais esportivas.

Alguns anos depois, foi a vez da invasão japonesa, com modelos ainda mais eficientes e de menor custo, criando um hiato que só seria revertido em 2011, quando a gigante Polaris, igualmente americana, que está no Brasil comercializando quadriciclos e UTVs, comprou o nome da marca, relançando mundialmente a Indian. Em 2015, a nova Indian desembarcou oficialmente no Brasil e, logo em seguida, passou a montar em Manaus (AM), a sua linha, equipada com o tradicional motor de dois cilindros em V, incluindo o modelo Chief Classic, um dos mais emblemáticos de sua história, que conserva o estilo retrô e os para-lamas superenvolventes.


Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação