Correio dá uma força na reta final

Correio dá uma força na reta final

Conteúdo multimídia do Correio Braziliense trará, a partir de amanhã, tudo o que os candidatos precisam saber sobre o exame nacional, porta de entrada para instituições públicas de ensino superior

» DANIEL CARDOZO » JAIRO MACEDO ESPECIAIS PARA O CORREIO
postado em 03/09/2017 00:00
 (foto: Luis Nova/Esp. CB/D.A Press)
(foto: Luis Nova/Esp. CB/D.A Press)


O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) vem aí e o Correio Braziliense oferecerá, mais uma vez, um material especial para que o candidato saiba tudo o que precisa para obter o melhor desempenho. O Especial Enem se apresenta em multiplataformas, unindo a tradição dos cadernos impressos do jornal com a agilidade da internet e das redes sociais, para quem deseja conteúdo exclusivo sobre o exame, bem como testar o conhecimento e escolher o curso ideal. O conteúdo será publicado na edição do jornal de amanhã, quando a plataforma on-line também entrará no ar.

O uso da internet e das redes sociais se tornou indispensável para os estudos e a preparação para provas como o vestibular e o Enem. Além da revisão dos conteúdos, os estudantes sabem da necessidade de acessar notícias para dominarem as questões de atualidade. ;Acesso cinco sites jornalísticos todos os dias, porque gosto e sei da necessidade de estar bem informado. Acredito que uma plataforma como essa vai me ajudar bastante. Com certeza, vou dar uma olhada;, garante o estudante Max Carvalho, 17 anos, aluno do Centro Educacional Sigma.

As aulas diárias do curso preparatório Bora Vencer, oferecidas pelo Governo do Distrito Federal, ajudaram o estudante Luís Gustavo Lopes, 17, nos estudos. Ele estuda no Centro de Ensino Médio Paulo Freire e considera a coleta de informações um diferencial para os candidatos. ;Como as bancas do Enem vão mudar, eu acho importante estar preparado para saber o que vai ser diferente este ano. Já estou pesquisando o máximo que posso sobre esse e outros assuntos;, conta. A rotina de estudos de Gabrielle Araújo César, 17, consiste em pelo menos três horas dedicadas exclusivamente ao conteúdo do Enem. Estudante do Centro de Ensino Setor Oeste, ela considera a internet uma ferramenta fundamental. ;Um site que seja especificamente sobre as matérias que vamos estudar vai facilitar bastante a vida dos estudantes;, afirma.





Cronograma

A aplicação das provas será em 5 e 12 de novembro. Nestas datas, dois domingos consecutivos, quase 7 milhões de estudantes ; 125 mil apenas no Distrito Federal ; enfrentam uma maratona de provas que envolve 180 questões, divididas em quatro grandes áreas de conhecimento e mais a prova de redação. A partir de amanhã, alunos da rede pública e privada, pais e professores terão acesso a matérias repletas de depoimentos e orientações vindas de escolas, docentes, diretores, psicólogos, nutricionistas e outros profissionais que possam contribuir para o melhor desempenho do candidato. O conteúdo é fruto de parceria do Correio com o Centro Educacional Sigma, e conta com o apoio do Centro Universitário Iesb.

;Nestes dois meses, ofereceremos um pacote de informações sobre as provas, o processo do Enem (como, quando e onde ocorre) e revisaremos toda a pesada carga de conteúdo recebida pelos alunos ao longo de todo o ensino médio. Em 2017, exploraremos mais ainda as plataformas multimídias, especialmente os lives nas redes sociais, que permitem participação direta dos alunos e fala a linguagem desses meninos e meninas;, afirma Paulo César Marques, diretor de Comercialização e Marketing do Correio Braziliense. ;Todos os anos, utilizamos o material do Enem proveniente do jornal como material de suporte para professores;, afirma Juliana Diniz, diretora-geral do Sigma.

Redação nota Mil

Não é segredo para ninguém que uma das provas mais temidas do Enem é a redação. Pensando nisso, o jornal convidou a professora Dad Squarisi, editora de Opinião e comentarista da TV Brasília, para distribuir pílulas de conhecimento sobre o tema em vídeos semanais, disponíveis sempre às quartas-feiras, a partir de 6 de setembro.

Além disso, a especialista oferece duas oficinas de redação no auditório do Correio, em setembro (28) e em outubro (19). É o projeto Nota Mil, destinado aos alunos da rede pública que querem tirar a maior nota no exame. Cada encontro dura três horas e é inteiramente gratuito. As inscrições, limitadas a 120 estudantes por oficina, serão abertas em breve em nosso canal do Enem ; www.correiobraziliense.com.br/euestudante/enem-2017. O mesmo canal transmitirá ao vivo a oficina de Dad.

Conteúdo digital

A cada segunda-feira, o caderno impresso chega recheado com material especial sobre uma das áreas de conhecimento do Enem. O conteúdo digital corre no mesmo ritmo, convidando especialistas para tratar do tema da semana. A estreia da programação de lives será com o professor Paulo Luiz Ramos, que estará ao vivo, amanhã, às 15h, direto da redação do Correio.

Nas semanas seguintes, os conteúdos digitais e impressos terão como foco Linguagens, Códigos e suas Tecnologias e Redação (11 de setembro); Ciências da Natureza e suas Tecnologias (18 de setembro); e Ciências Humanas e suas Tecnologias (25 de setembro). Além dos vídeos e lives, bancos de questões elaborados junto aos parceiros trazem questões passíveis de figurar nas provas, dispostos ao aluno de modo interativo.


Povo fala
O que você espera do site especial do Enem?


;Já uso bastante a internet para estudar, até porque minha escola usa
material em mídia digital. Um site sobre o Enem vai ser ótimo;
Letícia Borges Moura, 17 anos



;Estou tentando me acostumar a acessar sites de notícias com frequência. Então, esse site vai ser mais uma forma de acesso à informação;
Brigitte Ritter, 17 anos



;Já estudo bastante durante a semana e faço cursinho.
Vai ser legal porque muitos alunos focam apenas no conteúdo da escola;
Pablo Silva Costa, 17 anos



;Pesquiso bastante na internet, principalmente as questões de
anos anteriores. Um site que reúna esse tipo de coisa é uma grande ajuda;
Jonas Nery, 17 anos

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação