E a esperança, que não morre...

E a esperança, que não morre...

Os sete pontos de diferença para o líder Corinthians estão lá, mas o Grêmio deu mostras, diante do Sport, que não vai largar o osso

postado em 03/09/2017 00:00
 (foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA
)
(foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA )




Foi um massacre do início da fim. Posicionamento de um time a fim de jogar pelo título até o último segundo, mesmo que o líder Corinthians ostente os 50 pontos, lá na frente. Assim se portou o Grêmio diante do Sport, na Arena que leva o nome do clubo, em Porto Alegre, em jogo que havia sido adiado pela 22; rodada do Campeonato Brasileiro. O resultado: 5 x 0 e a esperança de que, se os paulistas bobearem, os gaúchos estão lá para aproveitar.

O meia Fernandinho ; autor de dois gols ; e o lateral-direito Edílson, que abriu a contagem com uma bela cobrança de falta, foram dois dos principais destaques da equipe gaúcha. Everton e Dionathã completaram o placar. O resultado reacende o ânimo do Grêmio ; vice-líder do Nacional ; na perseguição ao Corinthians. Os gaúchos agora somam 43 pontos, enquanto que os paulistas ; que perderam na rodada para o lanterna Atlético-GO, em casa ; permanecem com 50. Já o Sport, com a derrota, se mantém na 11; posição na tabela de classificação, com 29 pontos, dois atrás do Cruzeiro, primeiro clube a surgir no G6 (grupo das seis equipes que garantem vaga na próxima edição da Copa Libertadores).

Discursos opostos
O resultado também serviu para que o time gaúcho esquecesse mais rapidamente a eliminação da Copa do Brasil, para o Cruzeiro. ;Depois de uma eliminação difícil, a gente tinha que provar para nós mesmos e aos torcedores que somos capazes. Acho que uma vitória com esse resultado dá a resposta;, argumentou o meia Arthur. Pelo Sport, os jogadores eximiram de culpa o técnico Vanderlei Luxemburgo. O atacante Osvaldo resumiu os problemas no time como um todo, desde a defesa até o ataque. ;Não conseguimos jogar. O Grêmio colocou a gente na roda. Não marcamos e não atacamos. Uma tarde para esquecer;.

Agora, o Grêmio terá pela frente o Vasco, no sábado, às 18h, no estádio de São Januário, no Rio, pela 23; rodada do Brasileirão. O jogo marcará o retorno do time carioca ao seu estádio, mas a partida será disputada com portões fechados ao público, de acordo com decisão do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). O Sport, por sua vez, seguirá em busca de seu objetivo ; que é chegar à zona de classificação para a Libertadores ; no domingo, quando enfrentará o Avaí, às 16h, no estádio da Ilha do Retiro, no Recife.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação