Eixo capital

Eixo capital

Ana maria campos anacampos.df@dabr.com.br
postado em 03/09/2017 00:00
 (foto: Bárbara Cabral/Esp. CB/D.A Press - 24/8/17 )
(foto: Bárbara Cabral/Esp. CB/D.A Press - 24/8/17 )


Previdência é
prioridade do governo
O projeto que muda a Previdência dos servidores do DF, em tramitação na Câmara Legislativa, é apontado pelo governo como a salvação para o pagamento dos salários em dia nos próximos anos. A secretária Leany Lemos afirma: ;Um ponto positivo da reorganização proposta no projeto de lei, que coloca todos os atuais servidores no fundo financeiro e os futuros servidores no capitalizado é a diminuição progressiva do deficit financeiro e atuarial. Projeções feitas com base na avaliação atuarial de 2017 do Iprev/DF, realizada de forma independente pela Caixa Econômica Federal, indicam que a junção dos atuais servidores no fundo financeiro derrubaria o deficit da previdência em cerca de R$ 1,02 bilhão por ano. Em um horizonte previdenciário com projeção até 2035, os números apontam para uma economia global de R$ 19,4 bilhões nesse intervalo;.


Embate
As derrotas do governo no corte dos supersalários serão rebatidas na Justiça. A Procuradoria-geral do DF ficará responsável por apresentar recursos contra decisões que impediram o abate-teto no BRB, Caesb e Terracap.



Armas com silenciador e mira telescópica
Chamou a atenção de promotores de Justiça e policiais civis a pistola calibre 22 encontrada na casa de Valdir França, o Valdirzão, na busca e apreensão da Operação Check List. A arma, com silenciador, de uso proibido, certamente não é usada para a defesa pessoal. Os investigadores apreenderam também um rifle com mira telescópica na casa de outro suspeito de esquema de pagamento de propina para liberação de ônibus de transporte rural sem a devida vistoria. Pelo visto, a organização criminosa, armada, não está de brincadeira.


Instituto Hospital de Base fica com Bisol
A 5; Câmara de Coordenação e Revisão do Ministério Público do DF considerou que o promotor de Justiça Jairo Bisol é quem tem a atribuição de fiscalizar o Instituto Hospital de Base. Havia um conflito de competência suscitado pela promotora Marisa Izar. Os dois atuam na área de defesa dos usuários de saúde. Mas pensam de forma diferente em relação ao principal projeto da área de saúde do governo Rollemberg. Bisol defendeu a gestão da unidade de saúde por meio do instituto criado por lei aprovada pela Câmara Legislativa. Marisa Izar é uma crítica da medida.



Troca de chumbo
O promotor Jairo Bisol pretende fazer uma representação criminal contra o advogado Paulo Goyaz, que o acusou de suspeição para atuar no controle do Instituto Hospital de Base, em petições consideradas agressivas protocoladas na Corregedoria do Ministério Público do DF e no Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP). Goyaz, que advogou para o Sindicato dos Médicos, citou como motivo da suposta incompatibilidade uma entrevista concedida por Bisol à coluna, em que apontou a necessidade de mudanças na gestão do Hospital de Base e defendeu o instituto. As duas representações de Paulo Goyaz foram arquivadas.



Rollemberg homenageia Reguffe
O governador Rodrigo Rollemberg (PSB) fez uma homenagem ao senador José Antônio Reguffe (Sem partido-DF) na semana passada pelas redes sociais. Foi na solenidade de entrega à Caixa Econômica Federal do projeto de construção do Hospital de Especialidades Cirúrgicas e Centro Oncológico de Brasília. Ele escreveu: Agradeço a toda a bancada do DF pelo apoio e, em especial, ao senador Reguffe. ;Reconheci (o trabalho), pois quando eu era senador e ele, deputado, apresentamos uma emenda para o Hospital do Câncer que não foi executada à época. Agora, vai ser;, disse Rollemberg à coluna. Os dois andam afastados, mas mantêm o respeito.



O Mané seria um ET?
Chama a atenção um detalhe na imagem de Brasília registrada pelo astronauta russo Sergey Ryazanskyi, a bordo da Estação Espacial Internacional. Mesmo do espaço, o estádio Nacional Mané Garrincha tem proporções monumentais.



Cabo eleitoral
Nos bastidores, há relatos de que o senador Cristovam Buarque (PPS/DF) trabalha pela candidatura do presidente da Câmara Legislativa, Joe Valle, ao Palácio do Buriti.



Selfie na cachoeira
;Deus ajuda a quem cedo madruga;. Assim o governador Rodrigo Rollemberg acordou o secretariado na semana passada, por volta de 5h30. Estava escuro ainda e ele curtia uma cachoeira perto de casa, no Park Way.




Guerra de memes
A briga entre os deputados Chico Vigilante (PT) e Robério Negreiros (PSDB) ganhou as redes sociais. Equipes dos dois distritais fizeram memes em que um aparece dando umas palmadas no outro. Ambos defendem temas relacionados à prestação de serviços e vivem às turras.


Mandou bem
A presidente do Tribunal de Contas do DF, Anilcéia Machado, revogou o ato que determinava o pagamento retroativo a 2009 de auxílio-moradia para conselheiros e procuradores, embora defenda a legalidade da medida.

Mandou mal
Servidores que deveriam vistoriar veículos que transportam passageiros são suspeitos, na Operação Check List, de cobrar propina de cooperativas e empresas de transporte rural para fazer vista grossa para irregularidades.


Enquanto isso... Na sala de Justiça
Da CPI do Orçamento em 1992 até o último mandato, como senador, o ex-governador Joaquim Roriz sofreu vários questionamentos, foi alvo de inquéritos e de denúncias, mas não teve condenação transitada em julgado. Nunca esteve na cadeia e sequer foi alvo de pedido de prisão preventiva. Houve muitas suspeitas em relação a seu governo e a campanhas eleitorais, mas, ao contrário de políticos com os quais fez alianças, vai passar incólume. A Lei da Ficha Limpa o atingiu por ter renunciado ao mandato depois de uma conversa com o então presidente do BRB, Tarcísio Franklim de Moura, interceptada pela Operação Aquarela. Agora, afastado da política, assiste, em momentos de lucidez e de distanciamento, a uma geração do Distrito Federal no olho do furacão da Operação Caixa de Pandora e da Lava-Jato.



;O que está no cerne é uma forma de o sindicato, por meio do Chico Vigilante,
enganar os vigilantes dizendo que eles serão demitidos; na verdade, eles serão aproveitados por outras empresas;&

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação