Missão: ser gente do bem

Missão: ser gente do bem

Por Marcelo Ferreira
postado em 03/09/2017 00:00

Para quem gosta de aventura, o escotismo é uma ótima oportunidade para conciliar diversão e aprendizado. Mas, afinal, o que é o escotismo? É um movimento de paz, apartidário, em que trabalham pessoas de todas as raças e credos, com o intuito de construir um mundo melhor. Participam desse programa crianças de 6 anos e meio a jovens de 21 anos. No Distrito Federal, existem 35 grupos de escoteiros que reúnem cerca de 3 mil jovens, preparados para serem agentes participativos de sua comunidade.

A cada encontro, esses garotos e garotas participam de várias atividades, como jogos, sistemas de patrulha em equipes e preparação para acampamentos. É quando, entre outras coisas, aprendem a fazer amarras, a montar acampamento e a cozinhar. Eles ainda são incentivados a assumir liderança, a pensar e a agir de maneira coletiva e sustentável, transformando-se, assim, em adultos diferenciados, que se preocupam com o meio familiar, social e de trabalho.

Visitamos o acampamento do Grupo de Escoteiros Bernardo Sayão (GEBS), que há 23 anos forma escoteiros em nossa capital. Hoje, participam do grupo 88 pessoas, que se encontram todos os sábados, das 15h às 18h.

Conversamos com o presidente dos Escoteiros do Brasil Região DF, Márcio Albuquerque, que, há três décadas, virou um escoteiro. Atualmente, também é dirigente do GEBS e ressalta: ;Hoje sei como é natural, para mim, ser voluntário de uma ação comunitária e fico muito feliz em ver esses jovens escoteiros se transformarem em adultos participativos;.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação