Ex-preparador físico de Ayrton Senna é preso

Ex-preparador físico de Ayrton Senna é preso

postado em 12/09/2017 00:00



A Polícia Federal prendeu ontem o preparador físico Nuno Cobra, que ganhou destaque por ter sido o preparador do piloto brasileiro Ayrton Senna, morto em um acidente com sua Williams no Autódromo de Ímola, em San Marino, em 1; de maio de 1994. A suspeita é de assédio sexual.

A ordem de prisão é da juíza Raecler Baldresca, da 3; Vara Federal Criminal de São Paulo, e foi tomada em uma sentença que condenou Nuno Cobra por violação sexual no último dia 6. O caso aconteceu em 2015.

Segundo o relato da vítima e de testemunhas, o preparador físico sentou-se ao lado da mulher num voo e começou a conversar com ela, dizendo que trabalhava com o corpo e manipulação de energias. Na decolagem, tocou os seios e pernas da mulher ;várias vezes;. Ele foi condenado a três anos e nove meses de prisão.


Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação