360 Graus

360 Graus

janegodoy.df@dabr.com.br

postado em 12/09/2017 00:00
 (foto:  Edy Amaro/Esp. CB/D.A Press)
(foto: Edy Amaro/Esp. CB/D.A Press)
A 26; edição da Casa Cor Brasília será inaugurada na sexta-feira (22) e poderá ser visitada até 8 de novembro. Um antigo centro médico, localizado na QI 9 do Lago Sul, onde ocorreram as exposições de 2015 e 2016, volta a ser palco do evento reconhecido como a maior e melhor mostra de arquitetura, decoração e paisagismo das Américas. O tema será Foco no essencial.



A escritora candanga
Mineira de Campos Gerais, mulher atuante e presente na sociedade brasiliense, advogada e ex- procuradora federal, Gracia Maria Baldoni Cantanhede escreveu crônicas para o antigo Caderno Mulher do Correio Braziliense, entre os anos de 1991 e 1994. Colaborou em vários jornais e revistas da cidade, recebeu prêmios e troféus tanto em Brasília quanto em Belo Horizonte. Participou em 19 antologias de contos, crônicas e poesias.

Na segunda-feira (4), no restaurante Carpe Diem da 104 Sul, considerado ;a meca; dos escritores brasilienses, Gracia Cantanhede autografou mais dois livros, editados pela Drago Editorial: o romance juvenil Madonna Chegou e os poemas de Bacia das Almas.



>> PAINEL
Um dia instrutivo e fantástico/No dia 3, a Aeronáutica abriu seus portões para a maior mostra da aviação militar brasileira, com o projeto que inteligentemente instauraram há alguns anos: o Portões Abertos, evento que reúne centenas de milhares de visitantes à Base Aérea de Brasília (foto), para apreciar a exposição estática de aeronaves, aprender sobre os equipamentos militares, conhecer carros antigos, apreciar demonstração de paraquedistas, além de extensa programação dedicada às crianças. Para isso, a Aeronáutica construiu protótipos de caças, tucanos e outros modelos, usando material reciclado, em que cada criança se sente um verdadeiro piloto, quando conduzido por soldados muito gentis e pacientes, pelo pátio da exposição. É o Projeto Kero Voar. A fila de pais e crianças, gigantesca, é amenizada por um grande dirigível, pintado com as cores da bandeira do Brasil, onde cabe grande número de crianças, para dar vazão aos pequenos e ansiosos pilotos. O ponto culminante ; e emocionante - foi a apresentação da empolgante Esquadrilha da Fumaça que, emocionou as mais de 70 mil pessoas que por lá passaram durante todo o dia.



>>PINCELADAS
; A artista plástica brasiliense Antônia Célia (foto) apresenta duas obras na Gallery 32, na Embaixada do Brasil, em Londres, na exposição Brazil in Focus. Ela batizou os quadros que criou especialmente para o evento, de Aconchego I e Aconchego II, por exprimirem, em acrílica sobre tela, a sensibilidade da pintura abstrata, com seus movimentos, representando um abraço. Por isso, o nome Aconchego. A exposição poderá ser visitada até a quinta-feira (14). Antônia Célia divide o espaço com outros experientes e talentosos artistas brasileiros, com grande variedade de estilos.

; A flautista dominicana Evelyn Peña Comas vai se apresentar com a Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Claudio Santoro, acompanhada pelo percussionista Rafael Díaz Castillo, também dominicano. Hoje, às 20h, no Cine Brasília. A entrada é gratuita. Classificação livre.

; Na sexta-feira (1;), na Associação Médica de Brasília, ocorreu o lançamento da biografia do jornalista Paulo Cabral de Araújo que, se estivesse vivo, teria completado 95 anos, em 23 de agosto. A família e os amigos se juntaram à viúva, Maria Coeli Cabral, para a homenagem. Com uma carreira de mais de 60 anos, o jornalista atuou na Associação Nacional de Jornais, ANJ, na Associação Interamericana de Imprensa e presidiu tanto o Correio Braziliense quanto os Diários Associados.




Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação