Instauração de inquérito civil

Instauração de inquérito civil

postado em 07/10/2017 00:00


Janaúba ; O promotor Jorge Barreto, da Comarca de Janaúba, anunciou que o Ministério Público Estadual de Minas Gerais (MPMG) vai entrar com uma ação civil para garantir que os atingidos pela tragédia tenham o devido acompanhamento pelo Poder Público. O objetivo também é acompanhar a aplicação dos recursos recebidos por meio de doações para assistência às vítimas.

A Prefeitura de Janaúba anunciou a abertura de uma conta bancária para as doações em nível nacional e, até ontem de manhã, já tinha recebido R$ 177 mil. A intenção é arrecadar recursos para comprar remédios, colchões e aparelhos domésticos, que possam facilitar os cuidados necessários para a recuperação de feridas causadas por queimaduras.

Jorge Barreto informou, ainda, será instaurado inquérito civil para investigar se houve negligência administrativa por parte da prefeitura no acompanhamento do caso do vigia Damião Soares Santos ; apesar de apresentar problemas psiquiátricos, ele continuou trabalhando.

Em entrevista coletiva, o prefeito Carlos Isaildo Mendes negou qualquer falha. Ele ressaltou que Damião Santos trabalhava como vigia noturno e não tinha nenhum contato com as crianças. ;O que aconteceu foi uma tragédia que ninguém poderia prever;, rebateu. (LR)



Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação