Petrobras desaba e arrasta Bolsa

Petrobras desaba e arrasta Bolsa

» HAMILTON FERRARI ESPECIAL PARA O CORREIO
postado em 15/11/2017 00:00

A Bolsa de Valores de São Paulo (B3) teve uma forte queda de 2,27% ontem, chegando aos 70.827 pontos, refletindo a queda do preço do petróleo no mercado internacional e os fracos resultados financeiros da Petrobras. Conforme anunciado na noite de segunda-feira, a estatal teve lucro líquido de apenas R$ 266 milhões no terceiro trimestre, o que fez as ações da companhia desabarem no pregão de ontem. O dólar subiu 0,33%, alcançando R$ 3,31.

As perdas foram potencializadas com a publicação de um relatório da Agência Internacional de Energia (AIE) apontando que, em 2017 e 2018, a demanda global de petróleo será inferior à anteriormente prevista. O documento cortou a projeção para o crescimento da procura em 100 mil barris por dia para 2017 e 2018, que passaram a ser de 1,5 milhão e 1,3 milhão, respectivamente. As ações da Petrobras, que já vinham caindo por causa do balanço, despencaram ainda mais, terminando o dia com queda de 8,18% (ordinárias) e 7,75% (preferenciais), o que representou uma perda de R$ 17 bilhões em valor de mercado para a companhia.

O estrategista-chefe da BullMark, Renan Silva, afirmou que as consecutivas quedas na B3 mostram a ;regularização; do mercado, e explicou: ;A confiança dos empresários saiu muito na frente da recuperação da economia. As expectativas não se concretizaram e, por isso, a tendência é se ajustar à realidade;. Ele citou a reforma da Previdência Social e outras medidas de ajustes que ainda não passaram no Congresso. (Colaborou Simone Kafruni)

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação