Mariana Niederauer

Mariana Niederauer

postado em 13/12/2017 00:00

Quando a solução para todos os problemas da humanidade é procurada, aqueles que contam com algum tipo de bom senso, sejam de direita, sejam de esquerda, logo apontam para a educação. É preciso melhorar a gestão, investir mais e com mais responsabilidade, qualificar professores. Respostas em uníssono, mas com aplicação desordenada.


Sabemos dos problemas, podemos vê-los em cada morte violenta, em cada casa roubada, em cada criança pedindo esmola diante do sinal vermelho. Compreendemos que o acesso aos direitos e a noção dos deveres não podem ser plenos para o cidadão que não passou ao menos parte da vida diante de um quadro-negro ou de uma lousa digital, dentro da sala de aula.


Colocar em prática essa solução tão disseminada, no entanto, parece uma possibilidade distante, vaga. Em apresentação sobre o tema, Dad Squarisi, professora e editora de Opinião do Correio, lembrou o deus romano Janos. As duas faces, uma olhando para frente e outra para trás, mostraram também duas faces da questão no Brasil. Os dados, que mostram um país em dívida com a própria população, e o olhar para o futuro, em busca dessa tão sonhada solução.


Não à toa, Jano ; ou Janus, em latim ; é considerado na mitologia o símbolo de mudanças e de transição. Muito mais do que apontar dois caminhos, o certo e o errado, trata-se de colocar em prática, de agir, de se movimentar.


A inspiração, que me falta para escrever essas palavras com a delicadeza necessária ; elas preferem pular, bem resolvidas, determinadas, diretas ; é o que move essa transformação. Alunos motivados por professores e gestores inspirados são o denominador comum nos projetos que dão certo.


Em Sobral, no Ceará, ou em Brasília, essas vivências se reproduzem e contaminam equipes e até toda uma rede de ensino, porque são genuínas. Buscar experiências fora do país pode dar pistas importantes, mas não devemos tomá-las como verdades absolutas. Olhar para si e para os outros é essencial. No fim das contas, o exemplo somos nós.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação