Primeiro passo rumo ao bicampeonato

Primeiro passo rumo ao bicampeonato

postado em 13/12/2017 00:00
 (foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA
)
(foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA )




O confronto foi mais difícil do que o esperado, mas, após empate sem gols no tempo regulamentar, Everton fez o gol da vitória do Grêmio por 1 x 0 sobre o Pachuca, na prorrogação, ontem, e garantiu a classificação do tricolor para a final do Mundial de Clubes da Fifa.

O atacante saiu do banco de reservas na segunda etapa e definiu o jogo, aos cinco minutos do primeiro tempo da prorrogação. Agora, o Imortal espera o vencedor do duelo entre o Real Madrid e o Al Jazira, que jogam a outra semifinal hoje, às 15h (horário de Brasília). O time merengue busca o bicampeonato consecutivo do torneio, enquanto a equipe local quer continuar fazendo história com a chance de eliminar o principal favorito ao título.

Com o resultado de ontem, o Grêmio deu o primeiro passo para devolver o título ao Brasil, o que não acontece desde a conquista do Corinthians em 2012. Quem também está mais perto de uma nova marca é Renato Gaúcho, que foi herói do título mundial da equipe em 1983 e pode se sagrar campeão como treinador. A final será no sábado, no Estádio Zayed Sports City, em Abu Dhabi.

Na saída de campo, Renato Gaúcho ressaltou a dificuldade de enfrentar o time mexicano e elogiou o desempenho dos gremistas. ;Não tem jogo fácil. Tudo é difícil. O Pachuca e o Grêmio não estão aqui à toa. É uma semifinal de Mundial e todo detalhe é importantíssimo. Mais uma vez, a gente conseguiu o objetivo;, frisou. ;A cada partida que fazem eu me orgulho ainda mais deles.;

Renato também destacou que os atletas estavam ansiosos. ;No início, eles estavam um pouco nervosos e não tinham motivos para isso. Nós tínhamos que jogar futebol, tocar a bola. Everton, na prorrogação, foi feliz numa bela jogada e com um belo gol. É fim de ano, o time está cansado, mas, mesmo assim, acho que nós superamos mais um grande adversário;, observou.



Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação