Saques no PIS/Pasep

Saques no PIS/Pasep

» BRUNO SANTA RITA*
postado em 09/01/2018 00:00

Pessoas com mais de 60 anos poderão sacar os recursos das contas PIS/Pasep a partir de 24 de janeiro. A Medida Provisória n; 813/2017, que reduziu a idade mínima de saque, deve favorecer 4,5 milhões de cotistas dos fundos e distribuir R$ 7,8 bilhões. Desse total, R$ 3,2 bilhões serão para 1,8 milhão de cotistas do Pasep e R$ 4,6 bilhões, para 2,7 milhões de cotistas do PIS.

Quem tem conta-corrente ou poupança individual na Caixa ou no Banco do Brasil receberá o dinheiro automaticamente nas contas na noite de 22 de janeiro. Nos últimos meses de 2017, foram sacados R$ 2,2 bilhões por idosos com mais de 62 anos (mulheres) e 65 anos (homens). Para eles, os saques foram reabertos ontem. No total, os recursos do PIS/Pasep têm potencial de beneficiar 12,5 milhões de trabalhadores e inserir R$ 26,6 bi na economia, segundo o ministério do Planejamento.

Os participantes do Pasep podem consultar o saldo disponível para saque nos terminais de autoatendimento do Banco do Brasil ou acessar lo site www.bb.com.br/pasep. Basta ter em mãos o CPF e a data de nascimento ou o número de inscrição no programa.

Consumo

No caso dos contribuintes do PIS, os saques até R$ 1,5 mil podem ser feitos no autoatendimento da Caixa apenas com a Senha Cidadão. Com o cartão, a Senha Cidadão e um documento de identidade com foto, os saques também podem ser efetuados em Unidades Lotéricas e unidades do Caixa Aqui.

Para os saques até R$ 3 mil, Autoatendimento, Unidades Lotéricas e Caixa Aqui estão disponíveis, com uso da Senha Cidadão, Cartão do Cidadão e documento com foto. Acima de R$3 mil, os saques só podem ser feitos nas agências da Caixa, mediante apresentação de documento oficial de identificação com foto.

Newton Marques, professor de economia da Universidade de Brasília, acredita que os saques podem ter efeito positivo no consumo e na atividade econômica. O ideal, porém, segundo Marques, seria que os brasileiros usassem o dinheiro para amortizar dívidas. ;Mas nem sempre isso acontece;, afirma.

;Eu vou usar o dinheiro do PIS para comprar eletrodomésticos e coisas para a casa;, disse o aposentado José Alves, 65 anos. Para Manoel Martins, 76 anos, os planos giram em torno de um consumo mais sutil e de necessidade. Ele pretende usar o dinheiro para gastos diários. Ele explica que, como teve um acidente vascular cerebral (AVC) recentemente, os recursos serão usados para cuidar da saúde e da alimentação.

* Estagiário sob supervisão de Odail Figueiredo

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação