Flu, sob tensão, leva vaga

Flu, sob tensão, leva vaga

Tricolor bate Caldense nos minutos finais e se classifica à segunda fase. Clube divulga nota de repúdio por invasão nas Laranjeiras

postado em 01/02/2018 00:00
 (foto: Lucas Merçon/Fluminense FC)
(foto: Lucas Merçon/Fluminense FC)




Marcado sob pressão pela torcida ; na terça-feira, houve invasão e protestos nas Laranjeiras ;, o Fluminense avançou à segunda fase da Copa do Brasil. O tricolor venceu a Caldense por 1 x 0, no Estádio Ronaldo Junqueira, em Poços de Caldas (MG). O gol foi do zagueiro Renato Chaves, aos 45 minutos do segundo tempo. Agora, a equipe carioca enfrentará o Salgueiro-PE, em data a ser definida.

O jogo foi equilibrado. O Fluminense atuou um pouco melhor na etapa inicial, mas a Caldense reagiu e criou boas chances para marcar no segundo tempo. Como precisava vencer para seguir na competição, o time mineiro se descuidou no fim e acabou sofrendo o gol.

Horas antes da partida, a diretoria do tricolor publicou nota no site repudiando o protesto de torcedores no dia anterior. ;O Fluminense respeita e compreende expressões pacíficas e legítimas de sua torcida e informa que tomará as medidas cabíveis para que cenas que extrapolem o respeito aos sócios, conselheiros e dirigentes, como as de ontem (terça) não tornem a acontecer.;

A notícia de que o clube teria aceitado a proposta de negociar o atacante Henrique Dourado foi o estopim para o protesto. Os torcedores soltaram rojões dentro das Laranjeiras e pediram a saída do presidente Pedro Abad.

O dirigente se retirou assim que os torcedores entraram na sede. Ele tem sido alvo de protestos desde a temporada passada. A situação piorou após a dispensa do goleiro Diego Cavalieri e do zagueiro Henrique. Além disso, o clube viu o meia Gustavo Scarpa se desligar do clube por meio de decisão judicial devido a atraso de salários.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação