Chapecoense perde e se complica

Chapecoense perde e se complica

postado em 01/02/2018 00:00


Um duro desafio aguarda a Chapecoense na próxima rodada da Copa Libertadores. Na estreia da equipe catarinense no torneio de 2018, ontem, na Arenda Condá, os donos da casa foram batidos por 1 x 0 pelo Nacional do Uruguai.

No jogo de volta válido pela segunda fase da competição continental, na próxima quarta-feira, em Montevidéu, a equipe brasileira será obrigada a vencer por dois gols de vantagem para obter a classificação. Já o time uruguaio dependerá apenas de um simples empate.

A partida evidenciou a falta de um armador de jogadas para a Chapecoense. O desfalque de Canteros, lesionado, fragilizou a equipe catarinense, que pouco apresentou na criação de oportunidades de gol. A forte marcação do Nacional complicou ainda mais o setor de meio-campo da Chape, que ficou acuado no campo de defesa.

Para piorar a situação do time catarinense, dois jogadores acabaram expulsos de campo. Perotti e Eduardo, que entraram no segundo tempo, agrediram os rivais e receberam o cartão vermelho. O destaque positivo da Chapecoense ficou por conta do jovem Bruno Silva, de 17 anos, que acertou a trave e exigiu ao menos uma boa defesa do goleiro rival.

A definição do placar ocorreu aos 28 minutos do segundo tempo. Bergessio entrou no lugar de Viudez e deu passe para Romero balançar as redes.



Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação