Infância entre a vida e a morte: do bebê salvo do lixo ao menino assassinado

Infância entre a vida e a morte: do bebê salvo do lixo ao menino assassinado

Delegacias registraram tentativa de latrocínio, atropelamento, execução e abandono de bebê

BRUNA LIMA Especial para o Correio
postado em 14/02/2018 00:00
 (foto: CBMGO/Divulgação
)
(foto: CBMGO/Divulgação )

Um policial baleado e outro atropelado; um menino recém-nascido abandonado em uma lixeira, um adolescente de 13 anos executado num ginásio de esportes e a luta pela vida da menina Sther Laís Barbosa, 3 anos, atingida na cabeça por uma bala perdida. Esses são alguns dos crimes que marcaram o feriado de carnaval.

A Polícia Civil investiga o paradeiro de um homem acusado de atirar três vezes contra o sargento da Polícia Militar do DF, Isaías Francisco Gualberto, 51. Ele foi atingido por um disparo no braço e outro na perna ao ser abordado dentro do carro em um posto de combustível no Jardim ABC, em Cidade Ocidental (GO). A suspeita é de que o sargento baleado tenha sido vítima de uma tentativa de latrocínio.

No outro caso, envolvendo um PM, o soldado Sales, do 3; Batalhão, foi atropelado na 205 Norte quando atravessava a rua. O militar estava em serviço na área e teve ferimentos leves. O condutor não estava alcoolizado. Após o socorro à vítima e isolamento da área para perícia, outro veículo furou a barreira de cones e colidiu com o primeiro carro, atropelando um jornalista, que não precisou de atendimento médico. O teste do bafômetro acusou que o condutor estava com 1,22 miligramas de álcool por litro de ar expelido pelos pulmões. Como o índice é considerado crime, ele foi preso em flagrante e encaminhado à 5; DP (área central de Brasília). Após pagar R$ 2 mil de fiança e assinar os termos, acabou liberado.

Em Sobradinho 2, um adolescente de 13 anos foi morto com um tiro na cabeça no gramado do Ginásio de Esportes. O caso será investigado pela 35; DP.

A menina Sther Laís Barbosa, 3, segue internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Instituto Hospital de Base de Brasília (IHBB). Ela passou por cirurgia para a retirada de uma bala da cabeça. A criança foi atingida quando brincava de bicicleta na rua, no domingo. Em Valparaíso de Goiás, a polícia trabalha para identificar quem abandonou um recém-nascido, ontem, em uma lata de lixo. Bombeiros de Goiás encaminharam a criança ao Hospital Regional de Santa Maria. A polícia procura imagens das imediações para chegar a quem abandonou o bebê e pede que denúncias sejam feitas pelo 197.


Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação