Resultado exibido na pele

Resultado exibido na pele

postado em 19/02/2018 00:00
Outras soluções tecnológicas em desenvolvimento buscam permitir que os indivíduos realizem exames médicos dentro de casa. Alguns sensores podem ser aplicados diretamente sobre a pele para analisar, por exemplo, substâncias químicas presentes no suor. Eles, porém, precisam enviar a informação para outro dispositivo antes que se possa acessá-la.

Agora, a colaboração entre engenheiros japoneses resultou na criação de tela ultrafina e elástica que pode ser colada à pele e exibir, em tempo real, um eletrocardiograma ; exame que observa a atividade elétrica do coração ;, feito por meio da captura de seus sensores. O estudo foi apresentado, no último sábado, no encontro anual da Associação Americana para o Avanço da Ciência, em Austin, nos Estados Unidos.

;Nossa tela exibe gráficos simples, com movimento;, afirma Takao Someya, líder da pesquisa e professor da Universidade de Tóquio. ;Como é feita por materiais finos e maleáveis, pode ser deformada à vontade.; A tela consiste em um grupo de pequenas lâmpadas LED sobre uma folha de borracha transparente, misturando elementos maleáveis com eletrônicos rígidos.

Sem irritação

Segundo os criadores, ela pode ser esticada em até 45% do seu tamanho sem sofrer danos, o suficiente para não restringir movimentos. O sensor pode, ainda, enviar as informações sem fio para um celular ou para a nuvem, a fim de que médicos possam acessá-las. Em testes, o uso contínuo por uma semana não causou irritação na pele. De acordo com os cientistas, essa é a primeira tela do tipo que se mostrou resistente ao uso contínuo na pele, sem que nenhum dos pixels falhasse.

A tecnologia pretende tornar as informações dos exames mais acessíveis para pessoas que possam ter dificuldade em acessar os dados capturados pelos aparelhos convencionais, como idosos e pacientes com dificuldade de locomoção. ;A sociedade continuamente mais velha de hoje requer sensores vestíveis para monitorar os sinais vitais de um paciente. Nosso sistema pode servir como uma das soluções, há muito esperadas, para suprir essa necessidade, que levará ao aumento na qualidade de vida de muita gente;, afirma Someya.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação