Bolívia polarizada

Bolívia polarizada

postado em 22/02/2018 00:00
 (foto: Aizar Raldes/AFP)
(foto: Aizar Raldes/AFP)


Avenidas e ruas das principais cidades bolivianas, como La Paz, Cochabamba e Santa Cruz, amanheceram ontem com bloqueios em razão de manifestações a favor e contra (foto) a nova candidatura do presidente Evo Morales para um quarto mandato consecutivo. Em alguns bairros da capital foram registradas ameaças de confrontos entre opositores e governistas, num reflexo da polarização política vivida no país. A despeito de um referendo que negou ao presidente sua aspiração a tentar permanecer no cargo, o governo conseguiu, em novembro passado, que o Tribunal Constitucional aprovasse uma nova candidatura, o que gerou reclamações de diferentes setores e mobilizações da oposição. No mês seguinte, Morales, de 58 anos e no poder desde 2006, se autoproclamou para as eleições de 2019.


Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação