Usina de força

Usina de força

postado em 22/02/2018 00:00
 (foto: Audi/Divulgação)
(foto: Audi/Divulgação)


Debaixo do capô, o Q5 traz o mesmo motor 2.0 TFSI que equipa o A4 e o A5, com injeção direta de combustível e turbo. É muito eficiente nas respostas à aceleração, garantindo uma condução divertida, com arrancadas e retomadas de velocidade rápidas. O motor tem funcionamento suave em baixas rotações, mas ronca mais alto quando o giro sobe. E o consumo é proporcional ao peso do pé no acelerador. Durante o teste, o computador de bordo acusou um consumo médio de 6,5km/l. O câmbio automatizado de dupla embreagem e oito marchas funciona sem trancos e contribui muito para a boa performance do SUV. As trocas de marchas podem ser feitas nas aletas atrás do volante e o câmbio traz ainda a posição S, que torna a condução ainda mais esportiva.

O novo Q5 é equipado com tração integral quattro, que atua sob demanda e conta com sistema que transfere a força de um eixo para o outro conforme a necessidade. Em alguns momentos, funciona apenas com tração dianteira. As suspensões multibraços e com sistema pneumático garantem total equilíbrio entre estabilidade e conforto de marcha, filtrando bem as irregularidades do solo. A direção também é muito bem calibrada, já que a assistência elétrica garante a leveza necessária em manobras de estacionamento e atua de forma progressiva em velocidades mais elevadas. E o sistema de freios com disco nas quatro rodas e muita eletrônica atua de forma segura, sem sustos.

E falando em tecnologia, o novo Q5 traz alguns itens de condução semiautônoma, como o traffic jam assist, disponível no pacote opcional Assistance Tour. O sistema assume a direção em trânsito congestionado com velocidades de até 65km/h, dando descanso ao motorista. Mas tem ainda o Active Lane Assist, que ajuda a manter o carro em sua faixa; alertas que avisam o motorista quando a distância para o veículo à frente ultrapassa os limites para que a troca de faixa seja feita com segurança; o assistente de tráfego reverso; o side assist; o exit warning assist; e o pre-sense traseiro, todos disponíveis no pacote Audi Side Assist.

Com tudo isso, torna-se apto a disputar espaço no segmento com seus concorrentes. Ele perde em preço e equipamentos para o Volvo XC60, mas é mais barato e mais potente do que o BMW X4 xDrive 28i e o Mercedes-Benz GLC 250. Uma escolha que pode ser decidida nos detalhes ou no bolso. O novo Audi Q5 tem preço a partir de R$ 244.990 para a versão Attraction. A versão intermediária, Ambiente, custa R$ 274.990. Já a versão testada, a Ambition, tem preços de R$ 292.990 a R$ 305.590, com todos os opcionais.


Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação