Notas - 21

Notas - 21

postado em 27/02/2018 00:00
 (foto: Reprodução/CB/D.A Press)
(foto: Reprodução/CB/D.A Press)

; SALTOS NO MANÉ GARRINCHA
INVESTIGAÇÃO ABERTA

A Polícia Civil confirmou ontem que abrirá investigação preliminar sobre o uso ilegal da cobertura do Estádio Nacional Mané Garrincha para práticas radicais (foto). A apuração será de responsabilidade da 5; DP (Área Central). Nesta fase, agentes levantarão informações e detalhes como data, hora e nome dos envolvidos. Os dados servirão para fundamentar o inquérito. Nas edições de 23 e 24 de fevereiro, o Correio denunciou grupo de jovens brasilienses que utilizam monumentos públicos como a Ponte JK, a Ponte Honestino Guimarães e a arena esportiva para performances improvisadas e transmitidas ao vivo pela internet. Após os saltos, em queda livre ou na modalidade rope jump (em pêndulo), eles publicam fotos e vídeos nas redes sociais. Alguns contam com mais de 2 mil seguidores. No caso do Estádio Nacional, vídeos gravados e divulgados no Instagram mostram um jovem que usa a lona do teto como cama elástica. Ele está sem camisa e não usa equipamento de segurança. Além disso, as imagens revelam um homem e duas mulheres sentados à beira da estrutura de 46m de altura.

; VIOLÊNCIA
AMEAÇA À MÃE

Um jovem de 28 anos ameaçou explodir a própria casa e matar a mãe, em Ceilândia. De acordo com a Polícia Militar, responsável pelo atendimento da ocorrência, o filho teria aparecido em casa descontrolado, chegando a quebrar móveis e a abrir o registro do gás. O caso aconteceu na manhã de domingo. A mãe, de 52 anos, conseguiu fugir da residência e ligar para a PM. Ao chegarem ao local, os policiais arrombaram a porta. Segundo a corporação, o chão estava inundado, pois o homem quebrou diversas torneiras, e com cheiro forte de gás. Ele foi encaminhado ao Hospital Regional de Ceilândia e liberado após tomar medicação. Levado para a 23; DP (P Sul), foi autuado por injúria, dano e com base na Lei Maria da Penha. Na última quinta-feira, um homem de 33 anos matou a mãe, de 61, na Quadra 6 do Riacho Fundo 2. Uma vizinha encontrou a mulher amarrada e amordaçada na casa. Ela recebeu diversos golpes com um guidão de bicicleta e não resistiu aos ferimentos.

; DERRUBADA
RESISTÊNCIA NO TELHADO

A moradora de um condomínio no Lago Norte subiu no telhado da residência para tentar evitar operação de derrubada ontem pela manhã. Mesmo assim, ação da Agência de Fiscalização do Distrito Federal (Agefis) demoliu três casas no Condomínio Privê 2 a pedido da Terracap. De acordo com as estatais, as construções ocorreram durante o carnaval e são irregulares. A advogada Cassia Costa, 60 anos, que passou parte da operação sobre o telhado da casa, disse ser dona do terreno desde 2005. ;Construí a minha residência no ano passado e tenho morado aqui porque não tenho condições de pagar aluguel. Eu estava em contato com a Terracap para evitar a derrubada, tinha conseguido uma liminar para impedir a ação, mas não respeitaram;, afirma.

; SEGURANÇA PÚBLICA
MENOS UM SAIDÃO

Presos do sistema penitenciário do Distrito Federal terão direito a nove saídas temporárias em 2018. O benefício, conhecido como saidão, permite que detentos do semiaberto com trabalho externo ou com autorização deixem o presídio para ficarem com a família em alguns períodos do ano. Em 2017, foram 10 saídas. Desta vez, a Vara de Execuções Penais do Tribunal de Justiça do DF e dos Territórios (TJDFT) retirou o benefício do réveillon, que, na virada de 2017 para 2018, entre 29 de dezembro e 2 de janeiro, beneficiou 1.036 detentos e teve quatro foragidos.

; REDES SOCIAIS
FOTO VIRALIZA

Uma imagem do repórter fotográfico Ed Alves viralizou nas redes sociais neste fim de semana. Em um grupo do Facebook, quase 90 mil usuários compartilharam o clique, que mostra o momento em que um raio cai próximo ao Congresso Nacional (foto). ;Que linda essa imagem, ainda bem que esse raio não acertou ninguém;, escreveu um internauta. Os comentários foram além do mostrado na foto e abriram margem para um debate político. ;Mais para a esquerda, Senhor;, era a legenda no post de uma página. Sátiras e brincadeiras também tiveram espaço: ;O raio certeiro vai ser nas urnas;.

; LIXO
SELETIVA EM TODO O DF

Toda a área urbana do DF contará com coleta seletiva até o fim do ano. Pelo menos é o que espera o governador Rodrigo Rollemberg. Ele celebrou, em evento com lideranças de cooperativas na manhã de ontem, o aval recebido do Tribunal de Contas do Distrito Federal (TCDF) para dar continuidade ao processo licitatório, aberto em abril de 2017. Apesar da comemoração, a nova data está um ano e dois meses atrasada em relação às expectativas do Serviço de Limpeza Urbana (SLU). À época do início do certame, o órgão esperava que, até outubro daquele ano, a reciclagem cobrisse 100% do DF. O orçamento inicial do projeto chegava a R$ 1,44 milhão. Com o reinício da concorrência, espera-se que o DF retome a adequação à Política Nacional de Resíduos Sólidos.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação