Grita geral

Grita geral

grita.df@dabr.com.br (cartas: SIG, Quadra 2, Lote 340 / CEP 70.610-901)

postado em 27/02/2018 00:00

SAMAMBAIA
Trânsito pesado

Marcos Souza, 39 anos, reclama dos engarrafamentos que enfrenta para ir ao trabalho. ;Todo dia é a mesma coisa. Eu preciso sair de Samambaia e, ali mesmo, próximo ao viaduto perto da Polícia Rodoviária Federal (PRF), tem trânsito intenso. É um engarrafamento que nem faz sentido, porque após passar o posto policial, os carros trafegam normalmente;. O funcionário público relatou que esse não é o único ponto de congestionamento por qual ele passa. ;Depois que eu consigo sair de Samambaia, eu pego engarrafamento entrando no Riacho Fundo 2 até o Núcleo Bandeirante. Em seguida, tenho que enfrentar a lentidão do trânsito ali perto do Zoológico. Alguma coisa precisa ser feita para melhorar o trânsito da nossa cidade;, pontua.

; O Departamento de Estradas de Rodagem do Distrito Federal (DER-DF) informou que a solução definitiva para o trânsito nos referidos locais passa pela equalização de diversos fatores, como melhorias no transporte público, investimento em meios alternativos de locomoção, incentivo à carona solidária, entre outros. O órgão declarou estar aberto a sugestões, via Ouvidoria, de estudos para possíveis intervenções que possam amenizar eventuais gargalos. O DER acrescentou que faz monitoramento constante de rodovias, a fim de diagnosticar e solucionar esses problemas.




LAGO NORTE
Berçário de mosquito

Antônio Francisco Amaral, 58 anos, denuncia uma casa no Lago Norte, na QI 03, que tem grande potencial para ser local de reprodução de mosquitos que transmitem a dengue. ;Segundo o inquilino que morava na casa, abandonada há uns cinco meses, a proprietária mora nos Estados Unidos e a casa fica aos cuidados de uma imobiliária.; Antônio informou que fez denúncia à Ouvidoria do GDF e que a demanda foi passada para a Diretoria de Vigilância Ambiental (Dival). ;Eu sinceramente não sei para que o governo gasta tanto dinheiro em propaganda para a população tomar medidas contra o mosquito, sendo que minha denúncia tem 34 dias e até hoje não vi nenhuma providência a respeito;, completou.

; A Secretaria de Saúde do Distrito Federal informou que diariamente os agentes de Vigilância Ambiental fazem ações de inspeção e de conscientização nos imóveis do DF, além de várias campanhas em parceria com diversos órgãos do GDF ao longo do ano. No Lago Norte, as ações estão ocorrendo, porém seguem cronograma de visitas e vistorias definido por quadra. A pasta informou que a referida QI 03 será vistoriada hoje, de acordo com o planejamento do Núcleo de Vigilância Ambiental da região.



Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação