Vasco em estado de alerta

Vasco em estado de alerta

postado em 13/03/2018 00:00
 (foto: Marcelo Sadio/CR Vasco
)
(foto: Marcelo Sadio/CR Vasco )




O Vasco estreará na fase de grupos da Copa Libertadores contra a Universidad de Chile, mas o cruz-maltino chegará para o jogo com a bagagem de quatro partidas em que pôde extrair preciosas lições da ;traiçoeira; competição, conforme analisa o técnico Zé Ricardo.

Dos quatro duelos disputados, o Vasco fez boa apresentação em três. E levou um susto no quarto, com uma quase eliminação diante do Jorge Wilstermann, após vencer por 4 x 0 no jogo de ida ; na volta, o time boliviano devolveu o placar, e os brasileiros precisaram decidir nos pênaltis.

Passado o susto, Zé Ricardo valoriza a recente experiência adquirida. ;O que passamos nos quatro primeiros jogos nos trouxe afirmações, aumentou a nossa confiança. Passamos a entender que se trata de uma competição muito difícil, por vezes até traiçoeira, na qual é preciso estar atento durante todo tempo. Um mínimo descuido pode desenvolver um efeito cascata;, afirmou o treinador, em entrevista coletiva.

Por isso, a palavra de ordem no Vasco é atenção. ;O importante é tentar ao máximo se manter organizado, pois dentro da organização sabemos o que podemos render. Essa foi a nossa maior lição;, disse o comandante, para quem a goleada sofrida na Bolívia não afetará o moral do time na competição. Ele faz mistério quanto à escalação, mas deve ter todos os jogadores à disposição, apesar de oito deles terem se apresentado ontem com virose, entre os quais Martín Silva, Paulão, Pikachu e Paulinho.

A Universidad de Chile é o vice-líder do campeonato nacional. Nesse embalo, esperar repetir as boas campanhas que exibiu na competição sul-americana, com duas semifinais nos últimos 10 anos.


Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação