Tantas palavras

Tantas palavras

Por José Carlos Vieira Esta seção circula de terça a sábado / cartas: SIG, Quadra 2, Lote 340 / CEP 70.610-901
postado em 13/03/2018 00:00
Para Nietzsche

Sonhei que meu coração repousava

Profundamente dentro de um copo d;água


Solto sem meu coração

Estava leve, muito leve (dançava)

Pensei: estou morto ; vou falar com deus então

De frente pró espelho, ele me olhava


;E aí? O que está esperando?

Dá-me o copo, estou com sede

Está logo ali na sua frente, vede?;

Eu não obedecia... Continuava dançando.


Olhei pró reflexo e não me contive

Ah! Finalmente estou livre.


Wélcio de Toledo


Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação