GDF nomeia 1.485 servidores

GDF nomeia 1.485 servidores

» LORENA PACHECO
postado em 30/03/2018 00:00
O governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg, anunciou a nomeação de 1.485 servidores para a Saúde. Ao todo, as unidades da rede pública contarão com mais 256 novos enfermeiros, 136 fisioterapeutas, 767 técnicos e 295 médicos, além de psicólogos, bioquímicos e biomédicos. As nomeações serão publicadas em uma edição extra do Diário Oficial do DF. Segundo relatório da Diretoria de Concursos da Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão, desde 2015, foram nomeados 8.875 servidores para diversos órgãos do governo.

Em vídeo, Rollemberg relembra que as nomeações cumprem parte da promessa feita pelo GDF em 14 de março, quando ele garantiu que nomearia mais de 2,2 mil concursados para vários órgãos públicos ainda este ano. Se o chefe do executivo local seguir cumprindo o cronograma, antes de o mês acabar, 63 novos servidores devem ser nomeados para a Companhia do Metropolitano do DF (Metrô-DF), 39 para o Instituto de Defesa do Consumidor (Procon-DF) e 34 auditores de controle interno, para as secretarias de Fazenda e de Planejamento, Orçamento e Gestão.

Já em abril, estão previstas as nomeações de 242 agentes do sistema socioeducativo e 20 servidores da Secretaria de Cultura, sendo 10 para a Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Cláudio Santoro. ;É importante ressaltar que (as nomeações) só são possíveis graças a muito esforço e trabalho nesses três anos de arrumação da casa. Quero fazer um agradecimento aos deputados da base, que aprovaram os projetos enviados para a Câmara Legislativa;, disse Rollemberg na ocasião.

Seleção aberta
Atualmente, a Secretaria de Saúde está com inscrições abertas para um novo concurso público. Os candidatos têm até 30 de abril para se inscrever. São 294 oportunidades, distribuídas em 24 especialidades para médicos, 30 vagas para enfermeiros (obstetras e de família e comunidade), 72 vagas para especialidades da carreira de Assistência Pública à Saúde e 20 vagas, para técnicos em Saúde (laboratório e contabilidade). Os salários variam de R$ R$ 1.735 a R$ 12.654.

Para assistência à saúde, há cargos para formados em administração, análise de sistemas, contabilidade, economia, estatística, farmácia, medicina nuclear, fonoaudiologia, comunicação social, entre outros. Já para formados em medicina, as vagas são para as especialidades de medicina de emergência, além de terapia intensiva e pediátrica, família e comunidade, cardiologia, nefrologia, neurologia, cirurgia geral ; trauma, ginecologia e obstetrícia, cancerologia/oncologia clínica, neurologia pediátrica, cirurgia do aparelho digestivo, cirurgia oncológica, entre outras.



Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação