Erramos

Erramos

postado em 05/04/2018 00:00


; ;Se vivêssemos num país justo e equânime, não haveria reparos a fazer, inclusive no tocante à alterar os códigos judiciais;, escrevemos na pág. 12. Crase antes de verbo? Nem em pesadelo. Melhor corrigir: Se vivêssemos num país justo e equânime, não haveria reparos a fazer, inclusive no tocante a alterar os códigos judiciais. (Dad Squarisi)



Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação