Grita geral

Grita geral

grita.df@dabr.com.br (cartas: SIG, Quadra 2, Lote 340 / CEP 70.610-901)

postado em 05/04/2018 00:00

ÁGUAS CLARAS
Trânsito caótico

Francisca Alves Neta, 45 anos, reclama de trânsito intenso em Águas Claras, onde nem mesmo o semáforo ajuda. ;No viaduto Israel Pinheiro vira um caos. Esses dias eu estava saindo de Águas Claras, por volta de 12h20, e só consegui sair de lá por volta das 13h40, quando passei em frente ao Big Box;, relata a leitora. Ela conta que a organização atual não funciona e pede que o problema seja resolvido o mais rápido possível. ;O trânsito fica uma mistura do pessoal que vem de Taguatinga para ir para Vicente Pires e o pessoal de Águas Claras. Vira uma bagunça. Se qualquer transtorno ocorre, tudo para;, expõe.

; O Departamento de Estradas e Rodagem (DER) informou que faz monitoramento constante das rodovias pelas quais é responsável, a fim de diagnosticar e solucionar os gargalos apontados pela leitora. A equipe do Grita Geral entrou em contato com a Administração de Águas Claras, mas não obteve resposta até o fechamento desta edição.




CEILÂNDIA
Equipamento quebrado

Maria José Nunes de Souza, 48 anos, denuncia a falta de equipamentos no Hospital Regional de Taguatinga (HRT). ;Eu preciso fazer exame de colonoscopia para saber se tenho câncer de intestino e, lá no hospital, o aparelho está quebrado. Disseram para eu não ter pressa porque se o equipamento for consertado eu só vou conseguir fazer o exame em, no mínimo, dois meses;, conta. A técnica em enfermagem relata que tentou fazer o exame no Hospital de Ceilândia e, por não prestarem esse atendimento a mandaram para Taguatinga. ;Esperei meses para conseguir a consulta e quando consegui o encaminhamento, não pude fazer o exame. É uma total falta de respeito;, critica.

; A Diretoria do Hospital Regional de Taguatinga informou que, de acordo com triagem realizada na unidade de saúde, o exame da paciente não foi caracterizado como prioridade. O pedido médico não consta nenhuma referência ao câncer citado na mensagem. O HRT explicou que ela pode passar por nova triagem para a reavaliação do quadro. Para isso, a paciente deve procurar o setor de matrícula do hospital. Com relação ao aparelho de vídeo colonoscopia, a direção explicou que em 22 de fevereiro o serviço de contratação de manutenção recolheu os tubos do conjunto para avaliação e conserto. A data prevista para a entrega do equipamento é 9 de abril para os tubos de colonoscopia e 20 de abril para os de endoscopia.



Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação