Grita

Grita

postado em 14/05/2018 00:00

GENERAL MAQ
Máquina de lavar defeituosa
; Eliana Anjos


Eliana Anjos entrou em contato para reclamar da assistência técnica General Maq. A máquina de lavar da consumidora apresentou problema e foi levada pela empresa para os ajustes necessários. Foi realizada a troca de peças e a máquina foi devolvida à cliente. Porém, alguns dias depois, o eletrodoméstico deixou de bater as roupas. A cliente buscou a assistência e foi informada de que seria necessária a troca de outra peça, mas que esta não estava coberta pela garantia dada pelo primeiro conserto. Insatisfeita com a informação recebida, a leitora solicita que ;seja verificada essa manutenção e se não tem direito à garantia;, frisou.

Resposta da empresa
A General Maq informou que a máquina da consumidora apresentou problema no processo de centrifugação, devido a defeito mecânico, e a troca de peças foi autorizada pela cliente. No segundo momento, a máquina teve uma falha elétrica, sendo necessária a troca de uma peça do sistema elétrico. A General Maq aponta que a empresa abriu exceção para aceitar um cheque da cliente, que, por estar ilegível, foi devolvido pelo banco, mas que Eliane realizou um depósito para cobrir o valor do serviço. A empresa destacou que a consumidora foi ;extremamente agressiva; com os dois técnicos enviados à residência dela para avaliarem a máquina.

Comentário da consumidora
O Grita do Consumidor não conseguiu contato com a leitora até o fechamento desta edição.

BMW
Lataria danificada
; Daniel Arêas Brito
47 anos, Octogonal

Daniel Arêas Brito enviou ao Grita do Consumidor reclamação a respeito de um defeito na carenagem de sua moto, uma BMW GS 1200, 2013/2014. Segundo o leitor, ele levou a moto para avaliação na única revenda existente em Brasília e informaram-no que não havia problema aparente. Em busca na internet, o consumidor encontrou reclamações sobre o mesmo defeito e que, em vários casos, houve a troca da parte defeituosa. ;Está com imensas frestas na carenagem do tanque de gasolina. Observei em fóruns no mundo todo que é um problema crônico de deformação no tanque de gasolina, um defeito de fabricação que não se manifesta no prazo de garantia;, explicou. O consumidor solicita uma verificação do problema relatado sem custos, uma vez que é um defeito de fábrica que não se manifesta no período coberto pela garantia.

Resposta da empresa
A BMW respondeu, por meio de nota, que recomenda ao leitor Daniel Arêas Brito encaminhar a motocicleta à concessionária técnica autorizada BMW Motorrad de sua cidade para que o veículo seja submetido a uma verificação técnica apurada.

Comentário do consumidor
;A moto continua com o problema. Está exalando cheiro de gasolina. Não houve solução ainda, só recebi mensagem informando que a BMW realizaria uma cortesia. Na verdade, não é nenhuma cortesia, resolver o problema é uma obrigação da concessionária.;

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação