A Europa é do Real Madrid

A Europa é do Real Madrid

Com atuação de gala de Gareth Bale, autor de dois gols, Real Madrid faz 3 x 1 no Liverpool e conquista o 13º título

postado em 27/05/2018 00:00
 (foto: Paul Ellis/AFP
)
(foto: Paul Ellis/AFP )

O Real Madrid segue mandando na Europa. Ontem, em uma final eletrizante contra o Liverpool, venceu por 3 x 1, no estádio Olímpico de Kiev, na Ucrânia, e confirmou a hegemonia no continente ao conquistar o seu 13; título da Liga dos Campeões na história, sendo o terceiro em sequência e o quarto nas últimas cinco temporadas ; apenas o rival Barcelona em 2015 se intrometeu nessa série.

Os gols saíram no segundo tempo e aconteceram das maneiras mais inacreditáveis possíveis. O primeiro do Real Madrid surgiu de uma falha do goleiro alemão Karius e esperteza de Benzema. O Liverpool empatou com Sadio Mané, mas, em seguida, apareceu o talento do galês Gareth Bale, que havia acabado de entrar em campo, com um lindo gol de bicicleta. No final, novo erro de Karius, desta vez de forma bisonha, e outra bola nas redes do jogador do País de Gales para o maior campeão europeu.

A notícia triste da partida foi a lesão sofrida pelo atacante Mohamed Salah, do Liverpool, no primeiro tempo. Em dividida com o zagueiro Sergio Ramos, o egípcio caiu sobre o ombro esquerdo e teve de deixar o campo chorando. O craque do time inglês corre o risco de ter de fazer uma cirurgia e, assim, ficar de fora da Copa do Mundo da Rússia, que começará em 14 de junho.

Quem volta a fazer história é o francês Zinedine Zidane. Com o terceiro título consecutivo europeu como técnico da equipe espanhola, um feito inédito desde que o torneio passou a contar com o formato atual de disputa, adotado a partir da temporada 1992/1993, também se torna o terceiro treinador a ser tricampeão europeu de clubes em todos os tempos, igualando-se ao inglês Robert Paisley ; que faturou a taça em 1977, 1978 e 1981 pelo Liverpool ; e ao italiano Carlo Ancelotti, vencedor com o Milan em 2003 e 2007, antes de voltar a triunfar justamente com o Real Madrid, em 2014.

O astro português Cristiano Ronaldo disse que o atual elenco merengue fez história ao vencer a Liga dos Campeões pela terceira vez seguida, mas deixou em aberto a permanência na equipe. ;Agora é preciso desfrutar o momento e, nos próximos dias, darei uma resposta aos torcedores, que sempre estiveram ao nosso lado. Foi muito bonito estar no Real Madrid;, disse.

;Todas as finais são complicadas. Sabíamos que o Liverpool entraria forte, os times ingleses normalmente são assim. Mas somos vencedores justos, marcamos três gols e fizemos história. Tínhamos consciência de que seria um jogo difícil, mas somos um time melhor que o Liverpool. Jogamos bem e merecemos ganhar;, acrescentou CR7, que venceu o quinto troféu da competição para se igualar a Di Stéfano. Ronaldo está a apenas um título de igualar o recorde de Paco Gento, que venceu as Copas da Europa de 1956, 1957, 1958, 1959, 1960 e 1966.

;Estava decepcionado por não ter sido titular, mas tinha que deixar minha marca. Foi o que fiz quando estava no campo. Sabemos que temos muita fome de títulos e sempre falamos disso no vestiário;
Gareth Bale, atacante do Real Madrid

15 gols
Marca de Cristiano Ronaldo, artilheiro da competição





Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação