Ideia de jerico

Ideia de jerico

Por Márcio Cotrim
postado em 27/05/2018 00:00

É controvertida a origem etimológica da palavra jerico. Há quem a atribua ao latim gero, is, andar com, trazer em cima do corpo. Na verdade, é o equus asinus, jumento. Na região Nordeste do Brasil, jerico é o mesmo que mula. Vem daí a expressão ideia de jerico, a que designa alguma ideia tola, já que, figurativamente, jumento é o indivíduo imbecil.

Outro exemplo em que se explica uma alternativa para a origem da palavra jerico se encontra no vocábulo jericoacoara, praia no litoral leste do Ceará, cujo nome indígena significa jerico/mula+acoara/abrigo, lugar onde as mulas descansam.

Outra interpretação sustenta que jerico significaria jacaré e acoara seria ao sol, daí derivando o verbo coarar, como em a roupa coarando no varal, jericoacoara ou jacaré ao sol.

Na cidade de Alto Paraíso, perto de Ariquemes, em Rondônia, jerico é o veículo caseiro construído com peças de todos os tipos de carros e motores, quase sempre adaptados de geradores elétricos de pequeno porte. Na maioria das vezes, nem possuem paralama, para-choque, para-brisa, nem mesmo assento.

Alto Paraíso é conhecida como a capital mundial dos jericos motorizados. Anualmente, acontece lá um evento que atrai gente de várias partes do país, a Corrida Nacional de Jericos Motorizados. E nunca é demais lembrar daquele sujeito que um dia apareceu em Brasília, diante do Palácio do Planalto, montado num veículo inventado por ele e que chamou de Jericar, equipado com faroletes, buzina e outros badulaques que causaram curiosidade e algum espanto.Viva a imaginação de nossa gente!


Camerum ; País africano conhecido erroneamente no Brasil como Camarões, sobretudo pelo destaque de sua equipe de futebol em competições internacionais. Só que, na verdade, seu nome correto é Camerum. Um pouco de história: no século 15, os navegadores portugueses chamavam o estuário do rio Wuri de ;rio dos camarões;, pela abundância de um certo crustáceo parecido com o camarão ; apenas parecido.

Mais tarde, no período em que foi colônia alemã, a região era chamada de kamerum. Em 1961, adotou o nome oficial de República do Camerum, em homenagem ao explorador inglês Veney Lovett Cameron, que andou muito tempo por lá e se tornou importante figura no país. Quanto aos camarões ; também chamadas de baratas do mar (glup) ;, apesar da repulsiva designação, continuam sendo uma iguaria festejada nas melhores mesas do mundo.


Tatuapé ; Distrito da subprefeitura da Mooca, na região sudeste da cidade de São Paulo. Segundo os ditos populares, o berço dessa curiosa palavra provém de uma conversa entre caçadores, que discutiam sobre a conveniência de caçar o tatu a pé. Outros sustentam que o nome surgiu quando os moradores da parte baixa do lugar, próxima a um rio, ao referirem-se às caçadas de tatu na parte alta, de mata mais densa, diziam ser isso possível só indo a pé.

Segundo o professor Silveira Bueno, da USP, Tatuapé é de origem tupi-guarani e significa o caminho do tatu, com a seguinte explicação do tupinólogo J. David Jorge: tá é casco, couraça; tu, denso, grosso, ou seja, animal de casca espesso; e apé, caminho. Logo, Tatuapé significaria caminho do tatu, definição extraída de seu livro O tupi em São Paulo.


Esmoler ; Aquele que vive de esmolar, mendigo, pedinte. Esmola vem do latim eleemosyna, vocábulo que evoluiu ao longo dos anos, passando por elemosna, elmosna, esmonla, esmolla, até chegar aos dias de hoje como esmola, a dádiva caritativa que muita gente, penalizada, coloca nas mãos do esmoler. Mas o curioso vem agora, quer ver?

Chama-se supinador o músculo do antebraço que faz a supinação, do latim supinare, pedir esmola. E daí?, dirá você. Daí que, ao girar o antebraço para fora, a palma da mão fica voltada para cima. Pois então, essa não é a maneira como todo mendigo pede esmola? Vivendo, aprendendo e se surpreendendo...

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação