Fluminense perde para o Paraná

Fluminense perde para o Paraná

postado em 05/06/2018 00:00
 (foto: Rodrigo Nunes/Esp. CB/D.A Press - 21/2/16)
(foto: Rodrigo Nunes/Esp. CB/D.A Press - 21/2/16)


Em duelo de clubes tricolores que fechou ontem a nona rodada do Campeonato Brasileiro, o Paraná bateu o Fluminense por 2 x 1, no estádio Durival Britto, em Curitiba. Foi a primeira vitória da equipe paranaense na competição. Mas o time continua na vice-lanterna, com seis pontos, e o técnico Rogério Micale segue ameaçado. Com a derrota, o Fluminense desperdiçou a oportunidade de alcançar a vice-liderança isolada. Agora, é o nono colocado, com 14 pontos.

Apesar da necessidade de vitória das duas equipes, faltou qualidade. O time carioca teve atuação abaixo da média. Errou muitos passes e mostrou dificuldades em criar. Lento, sentiu as ausências de Marcos Júnior (que deixou o campo reclamando de dores na coxa, aos 10 minutos do primeiro tempo), Ayrton Lucas e Pedro (machucados), além de Gilberto (que ficou no banco de reservas).

Já Rogério Micale apostou em um Paraná mais ofensivo, com três atacantes: Léo Itaperuna, Carlos (substituído no início do jogo por lesão) e Thiago Santos, que não jogava desde a primeira rodada do Brasileirão.

Deu certo. O Paraná pressionou e criou as duas melhores chances do primeiro tempo. Aos 25 minutos, Thiago Santos acertou chute na trave. No lance seguinte, Jesiel aproveitou escanteio e, de voleio, exigiu grande defesa do goleiro Júlio César.

No segundo tempo, o Paraná continuou com maior ímpeto. Aos seis minutos, o atacante Léo Itaperuna foi derrubado pelo xará Léo, lateral-direito do Fluminense, e o árbitro marcou pênalti. Thiago Santos bateu firme e fez.

O segundo gol saiu aos 43 minutos com Guilherme Biteco, que tinha acabado de entrar, completando cruzamento rasteiro da esquerda. Os jogadores do Fluminense reclamaram que a bola não entrou inteira, mas o árbitro confirmou a ampliação da vantagem. Aos 47, os cariocas diminuíram. Após confusão na área, Renato Chaves cruzou e Pablo Dyego, de primeira, finalizou bem para vencer o goleiro Thiago Rodrigues.

Fla-Flu no Mané

O clássico entre Fluminense e Flamengo nesta quinta-feira, às 20h, no Mané Garrincha, pela décima rodada do Campeonato Brasileiro, já tem 32 mil ingressos vendidos. Os bilhetes custam R$ 100 (inteira superior), R$ 100 (inteira hospitality) e R$ 140 (inferior). Além dos casos previstos em lei, tem direito à meia-entrada quem levar 1 kg de alimento não perecível. Pontos de venda: Lojas Free Corner (Conjunto Nacional, Brasília Shopping, Terraço Shopping e Gilberto Salomão), Lojas Globo Esporte (Taguatinga Centro e Taguatinga Shopping), Lojas Oficiais de Flamengo e Fluminense (308 Sul), Grandes Torcidas (308 Sul) e site meubilhete.com.

Série A

PG J V SG

1. Flamengo 20 9 6 10

2. Cruzeiro 16 9 5 3

3. Grêmio 16 9 4 7

4. São Paulo 16 9 4 3

5. Internacional 15 9 4 4

6. Sport 15 9 4 0

7. Palmeiras 14 9 4 5

8. Corinthians 14 9 4 4

9. Fluminense 14 9 4 3

10. Atlético-MG 14 9 4 1

11. América-MG 13 9 4 -1

12. Botafogo 12 9 3 0

13. Vasco 11 8 3 0

14. Chapecoense 10 9 2 -6

15. Santos 9 8 3 -2

16. Atlético-PR 9 9 2 -1

17. Vitória 8 9 2

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação