Boteco de raiz e das amizades

Boteco de raiz e das amizades

postado em 05/06/2018 00:00
 (foto: Bárbara Cabral/Esp. CB/D.A Press)
(foto: Bárbara Cabral/Esp. CB/D.A Press)


Reduto da boemia de Taguatinga, o Bar dos Pescadores é um clássico da cidade que completa 60 anos hoje. Criado e administrado pelos irmãos Ademar e José Wilmar Ribeiro (mineiros conhecidos pelos apelidos de Lolo e Didi), o boteco foi aberto em 1978 e é ponto frequente para quem quer cerveja gelada, petiscos e um bom bate-papo.

Tutu de feijão, carne de sol, linguiça de pernil, pastel e batata sauté são algumas das iguarias servidas no Bar dos Pescadores. Os petiscos ficam à mostra em uma estufa e os clientes podem escolher os preferidos.

Amigos, o projetista Paulo Coelho, 53 anos, e o indigenista Slowacki Assis, 66, são clientes assíduos do ambiente. ;Vi, ainda jovem, quando eles abriram. E estamos sempre aqui;, conta Paulo.

Os dois destacam esse ar de interior que o boteco e Taguatinga ainda mantêm. ;A cidade tem essa vida, esse negócio ainda de interior. Todo mundo se conhece de muitos anos e convive bem;, observa Slowacki.

Eles fazem questão de elogiar também o comércio diversificado, a vida noturna e a estrutura do Taguaparque. ;Temos de tudo aqui. Um comércio muito espalhado, com diversas opções. Tudo o que tem no Plano aqui também temos;, diz Paulo.



Bar dos Pescadores
(QNA 5, Lote 2, Loja 5; 3254-5560). Aberto de segunda a sábado, das 9h às 22h.




Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação