Malharia da nossa cidade

Malharia da nossa cidade

postado em 05/06/2018 00:00
 (foto: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)
(foto: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)


Fora o comércio, a indústria é um dos principais setores da economia que movimenta Taguatinga. E, entre as empresas do ramo, a Aeróbica Indústria de Roupas tem clientela consolidada: a empresa se estabeleceu na cidade há três décadas.

A linha de produção é intensa e diversificada, vai desde uniformes a roupas para o dia a dia. Sob comando dos empresários Moacir Emmanoel Moraes, 76 anos, e Nádia Moraes, 67, a malharia cresce mesmo diante de competição acirrada.

;Aqui, o comércio e a indústria são bastante ativos. É uma cidade muito viva. Por isso, há muita concorrência;, comenta Nádia. A estrutura urbana favoreceu o desenvolvimento do ramo industrial e, consequentemente, a permanência de Nádia e do marido em Taguatinga.

O vínculo é tão forte que a história dos dois se funde à da cidade: o casal mora na região desde 1960, quando a população sequer alcançava os 10 mil habitantes.

Hoje, nem Nádia nem Moacir Emmanoel se veem em outro local. ;Durante toda a nossa vida, acompanhamos esse crescimento vertiginoso. Em outros lugares não temos a mesma relação com as pessoas que temos aqui. Por isso, gostamos muito de Taguatinga;, afirma o empresário.



Aérobica Indústria de Roupas
CSB 7, Lote 2, Loja 3, Taguatinga Sul ; 3563-7891.
Aberto de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 18h.





Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação