Filho de distrital é assaltado

Filho de distrital é assaltado

Crime aconteceu ontem pela manhã, em um posto de gasolina no Lago Sul. A vítima, segundo funcionário do estabelecimento, é um dos herdeiros de Agaciel Maia (PR) e teve o relógio roubado após ser ameaçado com uma arma

» MARIANA MACHADO ESPECIAL PARA O CORREIO
postado em 15/07/2018 00:00
Um dos filhos do deputado distrital Agaciel Maia (PR) foi assaltado ontem pela manhã em um posto de gasolina no Lago Sul. O crime aconteceu por volta das 9h30, quando o rapaz abastecia o carro. O sistema de câmeras do estabelecimento registrou toda a ação. No início do vídeo, um motociclista chega ao local, estaciona atrás da loja de conveniência e desce para anunciar o roubo. Ele aponta o que parece ser uma arma de fogo para a cabeça da vítima e, em poucos segundos, leva o relógio dela e foge.

Segundo um funcionário do posto que não quis se identificar, o jovem abasteceu o carro e, depois, pediu ajuda do chefe de pista para calibrar um dos pneus. O criminoso aproveitou esse momento para fazer a abordagem. O trabalhador afirma ainda que um policial civil à paisana esteve no local instantes depois e pegou as imagens do circuito interno. A Polícia Civil do DF, no entanto, informou que não havia sido registrada nenhuma ocorrência até o fim da tarde de ontem. A Comunicação da Polícia Militar informou que a corporação não foi acionada.

;Esta é a primeira vez que acontece um assalto assim aqui;, disse o funcionário. Ele confirmou que se trata de um dos filhos do distrital, líder do governo na Câmara Legislativa, mas não soube dizer o nome da vítima. O Correio entrou em contato com Agaciel Maia por telefone, mas o parlamentar não atendeu as ligações.

Roubos
Os dados mais recentes da Secretaria de Segurança Pública e da Paz Social sobre crime no Lago Sul mostram que, de janeiro a março de 2018, foram registradas 14 ocorrências de roubo a pedestre, 10 a menos do que no ano passado. Já roubos a comércio, foram três, no mesmo período deste ano, enquanto, em 2017, apenas uma ocorrência desse crime foi registrada.

Ainda segundo balanço da pasta, de janeiro a junho deste ano, foram registradas 16.725 ocorrências de roubo a pedestre em todo o Distrito Federal, o que representa queda de 14,2% em relação ao mesmo período do ano passado. Roubos a comércio diminuíram cerca de 9,7%. Neste ano, a pasta registrou 978 ocorrências até junho, contra 1.083 no mesmo período do ano passado.




Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação