Nova geração entra em campo

Nova geração entra em campo

Seleção sub-20 estreia amanhã na Copa do Mundo contra o México. A brasiliense Victória Albuquerque vestirá a camisa 10

Maíra Nunes
postado em 04/08/2018 00:00
 (foto: Bárbara Cabral/Esp. CB/D.A Press
)
(foto: Bárbara Cabral/Esp. CB/D.A Press )



Marta, Cristiane e Formiga. Os nomes das veteranas jogadoras surgem em evidência quando se pensa em futebol feminino no país. A partir de hoje, porém, uma nova geração entra em campo na Copa do Mundo Sub-20, e Brasília terá uma representante de destaque nos gramados da França, sede da competição que reúne 16 delegações. A dona da camisa 10 da Seleção Brasileira é Victória Albuquerque, que terá a missão de comandar o grupo em busca do título inédito. A estreia da equipe amarelinha acontece amanhã diante do México, às 8h30, no Estádio du Clos Gastel, em Dinan-Léhon ; o jogo será transmitido pela Band.

A Seleção Brasileira Sub-20 vem embalada pela conquista do Campeonato Sul-Americano, no Equador, em fevereiro. Agora, o time almeja chegar à final do Mundial, marcada para 24 de agosto. ;É a maior expectativa que já tive na vida em relação a competições;, diz Victória, 20 anos. Nascida em Ceilândia, ela se destacou no Sul-Americano Sub-15 e seguiu sendo lembrada pela comissão técnica da Seleção até enfrentar o principal desafio da carreira.

;A Copa do Mundo é uma vitrine e muitas oportunidades aparecerão;, prevê a meia do Minas Icesp, time do DF que se sagrou campeão da divisão de acesso do Campeonato Brasileiro, em julho. O título decidido nos pênaltis teve o confronto entre Victória e uma colega da Seleção Sub-20: Tainara, zagueira de 18 anos do Vitória. Ambas tiveram as cobranças defendidas. No caso de Victória, porém, a atleta foi compensada por ter cantado para a goleira da equipe, de quem é irmã, o lado em que Tainara prefere bater. Festa da família Albuquerque e das brasilienses, que venceram o torneio.

Ao menos na Copa do Mundo, as duas terão de enfrentar as mesmas adversárias. Depois do México, o Brasil pega Inglaterra, na quarta-feira (8/8); e a atual campeã mundial sub-20, Coreia do Norte, no dia 12, pelo grupo B. Com títulos em 2006 e 2016, além de um vice-campeonato em 2008, a seleção asiática será a adversária mais desafiadora para o Brasil na primeira fase. Na categoria adulta, porém, a principal façanha da Coreia do Norte é o tricampeonato da Ásia, conquistado em 2001, 2003 e 2008.

Apenas outros dois países venceram o Mundial sub-20, com três títulos cada: Estados Unidos (2002, 2008 e 2012) e Alemanha (em 2004, 2010 e 2014). São exatamente os donos de mais títulos na Copa do Mundo da categoria adulta. Tricampeão, o país norte-americano venceu em 1991, 1999 e 2015, enquanto a equipe europeia é bicampeã mundial, após levar as taças nas edições de 2003 e 2007. Japão e Noruega, outros dois campeões mundiais desde a primeira Copa do Mundo organizada pela Fifa, em 1991, nunca venceram a principal competição para atletas de até 20 anos.


Programe-se

Amanhã
Copa do Mundo Sub-20
México x Brasil
8h30 SporTV e Band



;É a maior expectativa que já tive na vida em relação a competições. A Copa do Mundo é uma vitrine e muitas oportunidades aparecerão;

Victória Albuquerque, meia da Seleção Brasileira sub-20

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação